AO VIVO Últimas Notícias
15/09/2023 13h45 | Atualizado em 15/09/2023 13h59

Delegada-geral da Polícia Civil fala sobre guerra de facções: ‘A Bahia não é lugar para a criminalidade’

A operação ocorrida na manhã de hoje reuniu agentes da PF, Guarda Civil, Polícia Militar e Civil

Delegada-geral da Polícia Civil fala sobre guerra de facções: 'A Bahia não é lugar para a criminalidade' Foto: Redes Sociais
Mateus Xavier

A Delegada Geral da Polícia Civil, Heloísa Brito, falou, durante uma coletiva de imprensa concedida nesta sexta-feira (15/9), sobre a disputa entre facções criminosas em Salvador. Em entrevista à TV Aratu, ela afirmou que “a Bahia não é um local para a criminalidade. Aqui, eles não vão se estabelecer”.

Heloísa ainda aproveitou o momento para mandar condolências à família do Policial Federal Lucas Caribé, morto na manhã desta sexta-feira durante uma operação integrada com a Polícia Civil, que pretendia combater uma dos grupos criminosos que chefia o tráfico no bairro de Valéria, em Salvador.

Segundo a investigadora, assim que a equipe soube do ferimento de Lucas e de outros dois agentes, que estão internados no Hospital Geral do Estado (HGE) e já passaram por procedimentos cirúrgicos, uma equipe de segurança foi encaminhada para a unidade de saúde, para garantir a seguranças dos agentes.

A operação ocorrida na manhã de hoje reuniu agentes da PF, Guarda Civil, Polícia Militar e Civil. Eles seguem em campo, visando o cumprimento de mandados de busca e apreensão, além de prisões em aberto para líderes de grupos criminosos.

Confira a reportagem completa:

GOVERNADOR DA BAHIA COMENTA 

O governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), afirmou que o objetivo das operações realizadas na Bahia é prender suspeitos, não gerar mortes. A declaração foi feita no município de Feira de Santana, a 115 km de Salvador, durante a entrega de viaturas nesta sexta-feira (15/9).

Para Jerônimo, o atual inimigo das forças de segurança é o crime organizado. Em sua fala, o chefe do executivo estadual disse que não haverá “folga”, nem “trégua” para os integrantes destes grupos.

Durante a coletiva, o governador se solidarizou com a família do policial federal Lucas Monteiro Caribé.

LEIA MAIS: Jerônimo comenta ações da polícia após mortes em Salvador: ‘Queremos prisões, não corpos’

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Siga a gente no InstaFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!