AO VIVO Últimas Notícias
27/03/2021 13h29 | Atualizado em 27/03/2021 13h29

Xuxa causa polêmica ao sugerir que presidiários sejam usados como cobaias em testes químicos; apresentadora se desculpou

Xuxa causa polêmica ao sugerir que presidiários sejam usados como cobaias em testes químicos; apresentadora se desculpou Foto: reprodução/Instagram
Da Redação

A apresentadora Xuxa causou polêmica nas redes sociais, ao sugerir, durante uma live transmitida no perfil da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), que presidiários sejam usados como cobais em experimentos químicos. A eterna rainha dos baixinhos estava em um bate-papo sobre direitos dos animais.

"Eu tenho um pensamento que pode parecer desumano. Na minha opinião, acho que existem muitas pessoas que fizeram muitas coisas erradas e estão aí pagando os seus erros para sempre em prisão que poderiam ajudar nesses casos para experimentos", disse. Na declaração, ela ainda reclamou sobre a atuação de ativistas dos direitos humanos.

"Aí vai vir o pessoal que é dos direitos humanos e dizer: 'Não, eles não podem ser usados'. Se são pessoas que já está provado que vão viver 60 anos na cadeia e morrer lá, acho que poderiam usar um pouco da vida deles pelo menos para ajudar algumas pessoas provando remédios, vacinas, provando tudo nessas pessoas para ver se funciona. Essa é a minha opinião. Já que vai ter que morrer na cadeia, que pelo menos sirva para ajudar em alguma coisa", complementou.

A fala da apresentadora causou indignação em internautas nas redes sociais, que chegaram a chamar Xuxa de "nazista". "A fala de Xuxa não foi polêmica, foi racista, propaga ideologia nazista e se sente à vontade pra fazer isso sem consequências nessa merda desse Brasil infernal", escreveu uma usuária; "Falas como a da Xuxa é pensamento comum no veganismo branco. Não me surpreende porque eu já ouvi outras pessoas falarem isso ao defender o fim do teste em animais", pontuou outro internauta. 

Após a repercussão da fala, a apresentadora usou seu perfil no Twitter para publicar um vídeo, onde pede desculpas pelo posicionamento. A publicação foi feita na madrugada deste sábado (27/3).

"Estou aqui pedindo desculpas a todos vocês. Não usei as palavras certas. Pensei uma coisa, pensei muitas coisas, quis falar sobre muitos assuntos e não fugir do assunto que era animais, maus-tratos, e também fiz a mesma coisa. Também julguei, maltratei, usei palavras que não deveriam ter sido usadas. Então estou aqui pedindo desculpas", admitiu a apresentadora, esclarecendo ainda que, na fala, quis se referir a presos como estupradores.

LEIA MAIS: Val Marchiori vence Ludmila em processo por injúria racial; socialite comparou cabelo da cantora a "Bombril"

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

 

Fonte: Da redação

Tópicos relacionados