O nome da pastora Ana Paula Valadão virou um dos cinco assuntos mais comentados na rede social Twitter deste sábado (12/9). Isso porque a religiosa aparece em um vídeo fazendo comentários homofóbicos durante o programa Diante do Trono, apresentado por ela na Rede Super.

"Isso não é normal. Deus criou o homem e a mulher e é assim que nós cremos. A qualquer outra opção sexual é uma escolha do livre-arbítrio do ser humano. E qualquer escolha leva a consequências”, disse Valadão. “Qualquer escolha contrária ao que Deus determinou como ideal chama de pecado. O pecado tem uma consequência que é a morte. Ta aí a Aids para mostrar que a união sexual entre dois homens causa uma enfermidade que leva a morte, contamina as mulheres. Enfim, não é o ideal de Deus", afirmou.

VEJA


A fala preconceituosa da pastora gerou revolta entre os internautas. "Quanta ignorância!", disse um usuário. "Educação sexual é importante pra você não ser um imbecil igual a Ana Paula Valadão que pensa que só homossexual é que tem AIDS", comentou outra.

Vale lembrar que em maio de 2019, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu enquadrar a homotransfobia na Lei de Racismo, que prevê de 1 a 5 anos de prisão, e julgou o Poder Legislativo como omisso em relação a votar uma lei específica para a proteção da comunidade LGBT+.

LEIA MAIS: Por erro do governo, quase um milhão de pessoas ficaram sem auxílio e Bolsa Família no mês de agosto

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.