O presidente do Vitória, Paulo Carneiro, fez uma declaração polêmica na última quarta-feira (27/11). Questionado se apoiaria uma possível "mala branca" (incentivo financeiro ilegal) aos jogadores, ele disse: "Não respondo por meus jogadores. Eles que sabem. Ganhando o jogo... Eu, no lugar deles, recebia".

A fala foi dita em entrevista à TV Bahia, na quarta-feira, e o presidente continuou: "tomara que deem a eles R$ 2 milhões, porque a pressão sobre mim vai ser menor na segunda-feira. E eles vão ganhar dinheiro, porque o Coritiba precisa empatar, né?".

Jogadores e outros funcionários do clube estão com dois meses de atraso nos salários. Em protesto, o elenco principal deixou de concentrar, recentemente, além de não ter treinado, também na última quarta-feira.

LEIA MAIS: Fifa anuncia banimento perpétuo de ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.