O taxista Leandro Santos dos Prazeres, que havia sido baleado três vezes dentro do próprio veículo durante uma tentativa de roubo na região conhecida como Planeta dos Macacos, em Salvador, morreu nesta terça-feira (16/6) no Hospital Menandro de Faria.

A informação foi confirmada pelo presidente da Associação Geral dos Taxistas (AGT), Denis Paim, que lamentou o ocorrido. De acordo com ele, Leandro chegou a ser submetido a cirurgias, ficando internado por 19 dias, mas teve complicações depois dos procedimentos. 

Whats-App-Image-2020-06-16-at-09-16-28

O crime aconteceu na noite do último dia 27 de maio e continua sendo investigado pela Polícia Civil. A Secretaria da Segurança Pública (SSP) apura a participação de dois homens, que já morreram em confronto com a PM, no latrocínio. A dupla foi localizada pelo Pelotão de Emprego Tático Operacional da 49ª Companhia Independente (CIPM/São Cristóvão) na Rua da Cascalheira dois dias depois do crime, na sexta-feira (29/5).

Somente no mês de maio, a AGT computou 39 assaltos contra taxistas em Salvador. O mês, aliás, foi o terceiro mais violento do ano, perdendo para fevereiro (45) e janeiro (43). A data e horário do enterro de Leandro não foram informados. 

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.