A ialorixá Mãe Tatá Oxum Tomilá, que estava à frente do terreiro de candomblé mais antigo de Salvador, faleceu neste sábado (7/12), na casa que morava no bairro do Engenho Velho da Federação. A líder religiosa tinha 96 anos e morreu de causas naturais. 

No facebook, dezenas de comunidades lamentaram a perda de Mãe Tatá. 

x

Nascida Altamira Cecília dos Santos, Mãe Tatá era a ialorixá do Ilê Axé Iyá Nassô Oká, mais conhecido como Casa Branca do Engenho Velho. Ainda não há informações sobre o sepultamento da sacerdotisa. O terreiro Casa Branca do Engenho Velho foi o primeiro a ser tombado como Patrimônio Cultural Brasileiro pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 1984. 

LEIA MAIS: "Diretor do Bahia deve ser anunciado pelo Palmeiras na segunda-feira", diz imprensa paulista

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.