A ex-sugar baby que se identifica como Escorpiana, de 20 anos, conversou com o Mural Baiano - quadro temático de sexo do programa Ronda, da Tv Aratu, em parceria com o Aratu On - para falar sobre sua vida. A jovem, natural do município de Alagoinhas, a 122 km de Salvador, atualmente é acompanhante de luxo em Salvador e cobra R$ 300 por hora, ganhando mais de R$ 15 mil por mês. 

LEIA MAIS: Especialista fala sobre métodos contraceptivos; confira entrevista na íntegra

Na entrevista, ela falou que entrou no mundo sugar há um ano, e, em busca de sua independência, se tornou acompanhante. "Trabalhar como acompanhante de luxo foi minha melhor escolha, agora eu tenho a minha independência e aí não fico dependendo de uma relação de interesse que não faz o meu tipo, para poder sobreviver", relatou.

CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

Mural Baiano - O que é sugar daddy e qual a diferença entre acompanhante de luxo? 

Escorpiana - Eu chamo a relação sugar de algo verdadeiro, porque quando ambas as partes estão nesse relacionamento já é claro que se trata de um interesse, diferente das relações onde muitas pessoas começam e com o tempo você descobre que a pessoa tem interesse no que é seu. Então já é algo bem claro: estou contigo e tenho interesse em uma troca de favores. A diferença entre acompanhante é que na relação sugar eu realmente preciso estar sempre com essa pessoa, meu companheiro, como se fosse um namoro e eu sendo acompanhante eu atendo clientes na hora, uma diária ou uma pernoite e logo depois eu sou livre. Não tenho compromisso.

MB - Como você virou acompanhante de luxo e saiu desse mundo de sugar baby?

E - Eu já tava cansada de ficar dependendo de homem porque em uma relação sugar você realmente tem que estar lá sempre para o seu parceiro, pois é um relacionamento. Então terminei o ensino médio, estava precisando de emprego e resolvi vim para Salvador para trabalhar como acompanhante de luxo e foi minha melhor escolha. Agora eu tenho a minha independência e aí não fico dependendo de uma relação de interesse que não faz o meu tipo para poder sobreviver. 

MB - Na relação sugar o que você pedia em troca? Alguém já pagou, por exemplo, boletos para você?

E - Já sim. Boletos, cursos, inclusive sou muito grata a essa pessoa, mas não é o tipo de relação que eu prezo hoje em dia. 

MB - O que te deixa chateada no seu trabalho? 

E - Tem pessoas que realmente gostam de te humilhar pelo fato de ter dinheiro, por estar te pagando, acham que as acomanhantes são verdadeiras máquinas sexuais, você tem que fazer tudo do jeito que ele quer, todos os fetiches você tem que estar disposta a realizar e não é assim. Eu trabalho com o meu corpo sim, mas eu tenho os meus limites. Dinheiro não compra tudo. 

MB - Qual o valor que você cobra para os seus clientes?

E - Eu nem sempre fui acompanhante de luxo, já cobrei valores bem abaixo, mas hoje em dia nop mínimo R$ 300,00, uma hora de acompanhamento. 

MB - O que mudou na sua vida antes de ser acompanhante e agora ?

E - Mudou absolutamente tudo. Por exemplo, eu completei 20 anos no mês passado, dia 1 de novembro e eu sempre tive o sonho de ter minha festa de 15 anos e eu não pude na época. Então mês passado eu  fiz minha festa de debutante que se não fosse por estar nessa vida de acompanhante, eu nunca teria condições. Então já é uma coisa que mudou, agora eu posso ajudar minha família, ajudar principalmente minha mãe. Não ter aquela necessidade de estar com alguem para poder me dar as coisas no mês, porque eu tenho o meu dinheiro, eu consigo sair, me bancar e não preciso ter a companhia de nenhum homem para isso. 

MB - O que você aprendeu e falaria par uma pessoa que quer entrar em uma relação sugar ?

E - Primeiramente hoje em dia eu não tenho interesse em estar em uma relação só visando o que a pessoa tem  me oferecer, eu prefiro realmente trabalhar, ter minha independência e é o que eu recomendo para todos, homem ou mulher, para você ter sua independência. Não queira uma relação para sugar o que a outra pessoa tem.

*Sob supervisão do editor, Jean Mendes

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.