Uma criatura estranha, jumentos gritando e fotografias de pelo menos dois ataques sem precedentes. Esse é o panorama de vídeos que estão circulando em grupos de WhatsApp e assustando muita gente.

Os mais crédulos logo compartilharam com amigos, parentes e vizinhos. Os menos, mandaram para a redação do Aratu On apurar. Mas como saber se é verdade? Como dar um veredito se realmente uma mulher estranha está atacando animais no interior baiano?

Jumento-atacado-na-Bahia

Bom, a primeira inconsistência encontramos na informação sobre o município. Algumas pessoas dizem que os vídeos foram feitos no município de Itapetinga - na localidade conhecida como Rio do Meio -, a 576 km de Salvador. A região, inclusive, é conhecida pela criação e abate de jumentos. Outras sustentam que tudo ocorreu em Muniz Ferreira, que fica mais perto da capital e a nada menos que 400 km do primeiro local indicado. 

São pelo menos dois vídeos (que você vai assistir logo abaixo). O primeiro mostra um ponto branco em um matagal (que aparenta ser o pasto de uma fazenda). O que chama mais a atenção é o áudio. Nele, supostos animais gritam de dor. A outra imagem é a mais assustadora: a suposta criatura aparece no topo de uma árvore grande. As imagens são acompanhadas das fotografias dos animais supostamente feridos. 

Fake News! De acordo com nossas investigações, o vídeo da mulher em cima da árvore foi gravado em setembro de 2019 na índia. Já os supostos áudios foram editados. A própria mulher foi entrevistada por televisões indianas e disse que não tem qualquer poder sobrenatural, apenas sobe em galhos de um tamarineiro, que são bem fortes. Confira o vídeo dela escalando a árvore (em hindi):

 

 

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.