A adolescente de 15 anos envolvida na morte da amiga Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos, em julho, foi apreendida na noite desta terça-feira (15/9) em Cuiabá. Na decisão, a juíza Cristiane Padim da Silva, da 2ª Vara da Infância e da Juventude em Cuiabá, determinou a apreensão da menina por 45 dias.

As informações são do jornal Folha de S.Paulo. A magistrada acatou o pedido do Ministério Público Estadual que pedia a internação da adolescente por ato infracional análogo a homicídio qualificado. De acordo com as autoridades, a adolescente se apresentou na delegacia por volta das 20h. Ela deve ser transferida para o complexo do Pomeri, destinado a adolescentes infratores.

Conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o limite para esse tipo de internação é de até três anos. A defesa da adolescente ainda não se pronunciou sobre a apreensão. O inquérito policial que investigou a morte da menor durou mais de 50 dias e foi finalizado no dia 2 de setembro.

O delegado do caso, Wagner Bassi, entendeu que a menor assumiu o risco de morte e a indiciou por ato infracional análogo a homicídio doloso. Também foram indiciados o pai, a mãe, o namorado e o sogro da menina.

Para Bassi, ela era devidamente capacitada para uso de armas de fogo, já que há meses treinava tiro esportivo, com domínio das regras e técnicas de segurança do armamento, bem como condições de saber se a arma estava ou não municiada.

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.