A bola vai começar a rolar oficialmente no país a partir do dia 8 de julho, em Santa Catarina, mas sem a presença de público. A Federação Catarinense de Futebol (FCF) foi a primeira a anunciar o reinício do Estadual, interrompido no dia 16 de março em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). 

Em nota oficial, publicada na última terça-feira (9/6), a entidade garantiu que a decisão respeita o decreto estadual, que proíbe eventos esportivos públicos ou privados até dia 5 do próximo mês. “É importante ressaltar que o retorno está completamente atrelado ao cumprimento das normas de saúde e segurança no dia a dia dos clubes e na realização das partidas. Todos estão comprometidos em desempenhar um trabalho rígido visando garantir as condições ideais para a execução das atividades”, diz o comunicado no site da FCF.

O Campeonato Catarinense foi suspenso no final da primeira fase, quando já haviam sido definidos os clubes classificados para as quartas de final. O jogo de reabertura do Estadual, no dia 8 de julho, uma quarta-feira, será entre Criciúma e Marcílio Dias, às 19h, no estádio Heriberto Hülse. No mesmo dia, às 21h30, a Chapecoense receberá o Avaí, na Arena Condá. Na quinta-feira, 9 de julho, serão outros dois jogos: Juventus X Figueirense, às 18h30, no estádio João Marcatto; e Joinville X Brusque, às 21h, na Arena Joinville. 

Respeitando a cartilha enviada aos clube pelo governo estadual, por meio do Centro de Operações em Emergência em Saúde (COES), as partidas não contarão com a presença de torcedores.

LEIA MAIS: Medida Provisória permite que ministro da Educação escolha reitores de universidades federais durante a pandemia

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.