Começou neste sábado (21/11) o prazo de contestação para beneficiários do Bolsa Família que receberam o auxílio emergencial extensão, mas tiveram o pagamento cancelado. Para aqueles que obtiveram apenas o auxílio emergencial extensão, no valor de R$ 300, a data final de contestação do cancelamento vai até este domingo (22).

Já para os beneficiários que receberam as parcelas regulares do auxílio emergencial, no valor de R$ 600, o prazo para registro de reclamações vai até o dia 30 de novembro.

Para registrar uma queixa sobre a suspensão do auxílio, é necessário acessar o portal Dataprev de consulta do auxílio emergencial e preencher as informações básicas do beneficiado, com nome completo, CPF, data de nascimento e nome da mãe. Após o login, o beneficiado poderá ver qual foi a razão para a suspensão do valor e contestar a decisão. A partir daí, uma nova análise cadastral será feita para checar se há irregularidades.

Caso a análise da contestação seja positiva, o beneficiário voltará a receber as parcelas do benefício no mês seguinte. O governo, no entanto, não informou os prazos de análise dos processos que serão recebidos.

LEIA MAIS: Países do G20 debaterão soluções para crise gerada pela pandemia; encontro será virtual

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.