A Bahia ultrapassou a marca dos 100 mil casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia. São, agora, 101.186 confirmações, das quais 2.867 foram contabilizadas nas últimas 24 horas, e 10.997 são referentes a profissionais de saúde, de acordo com informações da Secretaria da Saúde do estado (Sesab) desta sexta-feira (10/7).

Nas últimas 24 horas também foram registrados 55 mortes pela doença causada pelo novo coronavírus, totalizando 2.383 óbitos na Bahia. Em relação ao número de curados, já são 71.926 pessoas.

As confirmações ocorreram em 397 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (42,31%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100 mil habitantes foram Gandu (2.484,34), Itajuípe (2.318,09), Ipiaú (1.879,10), Lauro de Freitas (1.664,48) e Itabuna (1.588,95).

O boletim epidemiológico também contabiliza 198.550 casos descartados e 101.253 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (10/7).

Todos os dados estão disponíveis no Painel Epidemiológico. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

TAXA DE OCUPAÇÃO

Na Bahia, dos 2.368 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.532 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 65%. No que se refere aos leitos de UTI adulto, dos 915 leitos exclusivos para o coronavírus, 725 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 79%. A região Extremo-Sul da Bahia possui a maior taxa de ocupação, com 96% dos leitos de UTI ocupados, seguida da região Oeste, com 90%.

A Sesab ressalta que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

A partir de hoje, 10 de julho, a Sesab divulga mais uma ferramenta estatística para avaliar a tendência, denominada de média móvel, como pode ser vista no gráfico 4 do boletim. Nos últimos sete dias, verifica-se uma tendência de aumento mais evidente nos casos confirmados, enquanto que os casos ativos apresentam-se com evolução mais discreta.

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.