O Esporte Clube Bahia e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) firmaram parceira com o lançamento da campanha #ZeroViolência, na Semana da Mulher. No jogo do próximo sábado (7/3), pela Copa do Nordeste, as camisas tricolores estamparão a logomarca do órgão, pertencente à ONU.

“O ECB desenvolve ações de promoção dos direitos humanos e considera que o esporte, por meio do futebol, pode ser um espaço catalisador de assuntos de relevância social em todo o país”, diz parte do termo de cooperação que será assinado antes da partida, pela marca holandesa Astrid Bant, representante da UNFPA no Brasil, junto ao presidente Guilherme Bellintani, do Bahia. Na solenidade, marcada para às 16h, os dois também atenderão à imprensa. 

O Fundo de População da ONU tem, em seu mandato, a meta de alcançar três zeros até 2030: zero violências ou práticas nocivas contra mulheres e meninas, zero mortes maternas evitáveis e zero necessidades insatisfeitas de contracepção, o planejamento familiar.

Além do uniforme personalizado do time, meninas, ao invés de meninos, acompanharão os atletas na entrada em campo. Na oportunidade, será veiculado o material de conscientização nas mídias sociais e no telão do estádio. O planejamento conta, ainda, com a realização de oficinas sobre violência de gênero, organizadas pelo UNFPA, para os garotos da divisão de base e os sócios do clube.

LEIA MAIS: Facebook divulga anúncios da OMS no combate à desinformação sobre o coronavírus

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.