Carnaval

Carnaval12/3/2020

Secretário diz que cenário da pandemia está pior do que junho e autoriza compra de ultrafreezeres para vacina

Secretário diz que cenário da pandemia está pior do que junho e autoriza compra de ultrafreezeres para vacina

Carnaval12/2/2020

Bahia registra mais de 3.225 casos de Covid-19 e 22 óbitos pela doença nas últimas 24h

Bahia registra mais de 3.225 casos de Covid-19 e 22 óbitos pela doença nas últimas 24h

Carnaval9/1/2020

Praias de Salvador podem ser reabertas para prática de esportes; "deve acontecer em breve", diz Prefeito

Praias de Salvador podem ser reabertas para prática de esportes; "deve acontecer em breve", diz Prefeito

Carnaval5/28/2020

Prefeitura anuncia oitavo bairro de Salvador que terá medidas restritivas para combater coronavírus

Prefeitura anuncia oitavo bairro de Salvador que terá medidas restritivas para combater coronavírus

Carnaval5/15/2020

Veja a lista das lives que prometem agitar esta sexta-feira

Veja a lista das lives que prometem agitar esta sexta-feira

Carnaval4/14/2020

Carga com 726 mil testes para diagnóstico de coronavírus chega ao Brasil

Carga com 726 mil testes para diagnóstico de coronavírus chega ao Brasil

Carnaval4/11/2020

Secretário de Saúde publica vídeo didático sobre progressão do coronavírus; assista

Secretário de Saúde publica vídeo didático sobre progressão do coronavírus; assista

Carnaval4/11/2020

Governo do Estado divulga novo decreto de calamidade pública para obter recurso federal

Governo do Estado divulga novo decreto de calamidade pública para obter recurso federal

Carnaval4/2/2020

ALBA vota na sexta-feira isenção do pagamento da energia elétrica de quem consumir até 80kW

ALBA vota na sexta-feira isenção do pagamento da energia elétrica de quem consumir até 80kW

Carnaval2/21/2020

VÍDEO: ACM Neto e Bruno Reis desfilam no trio de Carlinhos Brown

VÍDEO: ACM Neto e Bruno Reis desfilam no trio de Carlinhos Brown

logo_aratuonline

Não é um portal! É a vida ao vivo, em tempo real! O Aratu On é uma plataforma focada na produção de conteúdo audiovisual, que fala da Bahia e dos baianos para o Brasil e para o mundo. Aqui, a notícia é no tempo presente.

Fotos do Instagram

A vice-prefeita de Salvador, @anapaulamatos.ba, estará no Linha de Frente nesta terça-feira (19/4) falando sobre Salvador e, claro, sobre política. A apresentação é do jornalista @opabloreis. Esperamos você nas nossas redes sociais.Um novo lote de 700 mil doses da vacina Coronavac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac e produzida, no Brasil, pelo Instituto Butantan, foi entregue na manhã desta segunda-feira (19/4) ao Ministério da Saúde.

Com isso, somente em abril, o Butantan produziu e disponibilizou 5,2 milhões de doses. No total, já são 41,4 milhões repassadas ao Governo Federal. O primeiro contrato com o governo contempla a entrega de 46 milhões de doses. A promessa inicial era que o quantitativo seria entregue até o fim de abril, mas o atraso do recebimento de insumo para a produção da vacina provocou um atraso e um novo lote será entregue até o dia 10 de maio. 

Nesta segunda-feira (19/4), o instituto recebeu nova remessa de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) da China para a produção de mais imunizantes. São 3 mil litros de materiais, que corresponde a 5 milhões de vacinas.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), acompanhou a entrega ao lado do secretário estadual da saúde, Jean Gorinchteyn, e do diretor do Butantan, Dimas Tadeu Covas, em uma entrevista a jornalistas na manhã de segunda-feira (19).

“Hoje pela manhã fomos receber no Aeroporto Internacional de Guarulhos mais 3 mil litros de insumos para a vacina do Butantan, que corresponde a 5 milhões de doses. Portanto, o Governo do Estado de São Paulo e o Butantan alcançarão 46,4 milhões de doses, atendendo a primeira etapa do contrato com o Ministério da Saúde. Até ultrapassando em 400 mil doses a nova etapa do contrato, de 54 milhões de doses", afirmou o governador.

CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA EM www.aratuon.com.brO presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, nesta segunda-feira (19/4), que pretende definir ainda neste mês o partido ao qual se filiará para concorrer à reeleição em 2022. Em conversa com apoiadores, Bolsonaro afirmou que já está "atrasado" para a definição e admitiu que a chance de viabilizar o seu partido, o "Aliança Pelo Brasil", é muito pequena.

Bolsonaro segue sem filiação partidária desde novembro de 2019, quando se desentendeu com o comando do  Partido Social Liberal (PSL) e deixou a sigla. Na época, o mandatário anunciou a intenção de criar um partido próprio, o Aliança pelo Brasil. A agremiação, porém, ainda não reuniu o número mínimo de assinaturas para pedir registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“O Aliança é muito pequena a chance de sair, já estou atrasado. Tem que ter outro partido, espero que este mês eu resolva", disse aos populares, em frente ao Palácio da Alvorada, após ser questionado sobre o seu partido. 

Na conversa, o presidente voltou a defender o voto impresso, que é discutido no Congresso por iniciativa de parlamentares aliados, e voltou a criticar uma eventual candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na esteira da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que, na semana passada, manteve a anulação de condenações judiciais do petista.

“Tenho esperança que, em 2022, com voto auditável, a gente consiga mudar realmente o Brasil", afirmou. "O placar lá [no STF] foi 8 a 3, pelo amor de Deus, o povo que porventura vote num cara desses [Lula] é um povo que merece sofrer".

Após Lula recuperar a elegibilidade, aliados passaram a defender que Bolsonaro retorne ao PSL, partido pelo qual foi eleito presidente. O presidente também conversa com Patriota e Partido da Mulher Brasileira (PMB), entre outras siglas.Os beneficiários do Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) terminado em 2 recebem, nesta segunda-feira (19/4), a primeira parcela do auxílio emergencial 2021. Os recursos podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem, por quem recebe pela conta poupança social digital, ou sacados por meio do Cartão Bolsa Família ou do Cartão Cidadão.

O recebimento dos recursos segue o calendário normal do Bolsa Família, pago nos últimos dez dias úteis de cada mês. A primeira parcela começou a ser depositada na última sexta-feira (16/4) e será paga até 30 de abril.

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA EM www.aratuon.com.br
Ver Mais