O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que condomínios não podem restringir, de forma genérica, que moradores tenham animais domésticos de estimação, como cães e gatos, em apartamentos. Pelo entendimento da Terceira Turma, que julgou um caso sobre o tema, as convenções só podem fazer restrição quando os bichos apresentarem risco à segurança, higiene ou à saúde dos demais moradores.

LEIA MAIS: Vídeo: menino é resgatado após ficar preso a 40 metros de altura

Ao julgar o caso, o colegiado, por unanimidade, entendeu que as regras internas de condomínios não podem vedar a permanência de animais de qualquer espécie sem avaliar cada caso específico.

LEIA MAIS: Pagamento do Bolsa Família 2019 pode parar em setembro; entenda

LEIA MAIS: 'Braços cruzados': alunos e professores de todo país fazem protestos nesta quarta

LEIA MAISCâmara convoca Ministro da Educação para explicar bloqueio a universidades