Um dia após publicação de matéria no programa Que Venha o Povo da TV Aratu, o ex-deputado federal Luís Carlos Bassuma (Avante) se pronunciou com relação à acusação de abuso sexual, que teria cometido contra a própria filha, segundo Ayla Queiroz, sua ex-esposa.

Na manhã desta quarta-feira (15/5), ele conversou, por telefone, com a repórter do QVP, Lícia Fontenele, e disse que a atitude da mulher foi uma "vingança terrível de uma pessoa que ficou inconformada com o divórcio". Bassuma classificou a denúncia como uma "maluquice total". Disse que ela não aceitava o processo de divórcio e teria lhe ameaçado, dizendo que iria arrasar com a vida dele.

A acusação contra o político já havia sido feita em 2017 e, recentemente, foi aberto um novo processo judicial semelhante ao anterior. "Eu já fui inocentado em todas as esferas: delegacia, Ministério Público e Justiça [...] essa nova denúncia é uma repetição", disse.

Confira a entrevista:


LEIA MAIS: Inscrições para a segunda edição do Sisu começam a partir de junho; confira

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.