AO VIVO Últimas Notícias
16/09/2019 23h43 | Atualizado em 16/09/2019 23h43

“Caso Cayan”: agressor de jovem em Ondina responderá por tentativa de homicídio

"Caso Cayan": agressor de jovem em Ondina responderá por tentativa de homicídio

Foto: Cayan Santana | Redes sociais
Da Redação

Apontado como o agressor do estudante Cayan Lima Santana, de 19 anos, em uma festa no bairro de Ondina, em Salvador, o jovem Guilherme Machado, de 21 anos, responderá por tentativa de homicídio qualificado. A Justiça aceitou a denúncia formulada pelo Ministério Público estadual (MP-BA), nesta segunda-feira (16/9), e o a defesa do réu tem um prazo de dez dias para apresentar resposta à acusação.

Na denúncia oferecida pelo MP-BA, o promotor Davi Galo havia solicitado o recolhimento do passaporte de Guilherme, como medida de cautela, sob o fundamento de que o acusado possui “poder aquisitivo razoável”. Contudo, o juiz Paulo Sérgio Barbosa não atendeu ao pedido.

CASO

O jovem foi agredido durante uma festa no bairro de Ondina, em Salvador, no dia 2 de julho deste ano. Testemunhas disseram, na época, que a confusão envolveu pelo menos quatro homens e foi logo resolvida. Porém, Cayan teria defendido um dos lados, o que teria provocado a ira de Guilherme e outro agressor. 

LEIA MAIS: Filho de conselheiro da OAB é agredido em Ondina; pai faz acusações

Cayan teve traumatismo craniano e ficou internado até o dia 8 de julho, quando recebeu alta. Poucos dias depois, em entrevista à TV Aratu, o pai do jovem, o conselheiro da OAB, Ary Santana, disse que o filho tem acordado assustado durante a noite: “Tentaram matar Cayan. Ele acorda com pesadelos, gritando, esmurrando a cama… O trauma ficou”.


LEIA MAIS: Casal é executado com diversos tiros dentro de carro na Estrada das Barreiras; vídeo

LEIA MAIS: Suspeitos de cometer chacina em Portão serão apresentados nesta terça-feira

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Fonte: Da redação