AO VIVO Últimas Notícias
02/02/2017 09h41 | Atualizado em 23/03/2023 16h58

STF oficializa ida de Fachin para Segunda Turma e libera sorteio da Lava Jato

STF oficializa ida de Fachin para Segunda Turma e libera sorteio da Lava Jato

STF oficializa ida de Fachin para Segunda Turma e libera sorteio da Lava Jato Foto: Reprodução internet
Da Redação

Foi publicada, no Diário de Justiça de hoje (2/2), a transferência do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, da Primeira para a Segunda Turma ? colegiado da Corte responsável por julgar os processos relacionados à Lava Jato.

Esse era o último procedimento formal que poderia causar maior demora na redistribuição dos processos da Operação Lava Jato no Supremo, que ficaram sem relator após a morte do ministro Teori Zavascki no último dia 19. O sorteio, agora, pode ocorrer a qualquer momento.

LEIA MAIS: ESSA AÍ PASSOU: Dançarinas do Tchan gravam vídeo denunciando humilhação em show; Veja

A transferência de Fachin era a solução defendida internamente pela maioria dos ministros do STF para que o sorteio da relatoria da Lava Jato pudesse ocorrer somente entre os ministros da Segunda Turma, devido à decisão anterior que determinou o colegiado como responsável por julgar, por exemplo, pedidos de liminar relacionado à operação.

A mudança de Fachin foi autorizada pela presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, após os outros quatro ministros mais antigos da Primeira Turma abrirem mão da transferência. De acordo com o Regimento Interno, eles teriam preferência caso quisessem mudar de turma, já que Fachin é o ministro mais recente a ter ingressado no Supremo.

Além de Fachin, integram a Segunda Turma os ministros Dias Toffolli, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e Celso de Mello. Qualquer um deles pode ser sorteado para ser o novo relator da Lava Jato. De acordo com técnicos do STF, a probabilidade de qualquer um deles ser escolhido pelo sistema eletrônico do tribunal é estatisticamente muito próxima.

Ao menos 364 pessoas são investigadas no Supremo no âmbito da Operação Lava Jato, segundo o balanço mais recente divulgado pelo Ministério Público Federal (MPF), muitas delas políticos no exercício do mandato parlamentar.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página facebook.com/aratuonline e também pelo youtube.com/portalaratuonline.

 

Fonte: Agência Brasil