AO VIVO Últimas Notícias
04/02/2015 04h23 | Atualizado em 05/02/2015 17h26

Palhaços do Rio Vermelho desfilam pelas ruas do bairro boêmio da cidade

Palhaços do Rio Vermelho desfilam pelas ruas do bairro boêmio da cidade

Da Redação

?É alegria garantida ou sua tristeza de volta?. Com este lema, o Movimento Cultural Palhaços do Rio Vermelho vai realizar o seu quinto desfile anual pelas ruas do bairro boêmio da cidade, no próximo sábado (7). Com concentração a partir das 17h na quadra esportiva da rua da Paciência, o irreverente cortejo saí às 19h rumo à rua Fonte do Boi, onde fica até às 23h.

O rei dos Palhaços 2015, o cantor e compositor Lazzo Matumbi, desfilará em carro alegórico surpresa. Rei e súditos serão acompanhados pela Fanfarra Marmelada; pelo grupo folclórico Zambiapunga de Taperoá e outros grupos do interior da Bahia; pela ala das Baianas da Dinha; por artistas circenses e palhaços de todas as idades.

Segundo estimativas da Polícia Militar, no ano passado, os Palhaços arrastaram mais de 5 mil foliões pelas ruas do Rio Vermelho. Para este ano, é estimado um público de aproximadamente 6 mil pessoas. A adesão ao bloco é gratuita e o cortejo acolhe todos que chegarem, de preferência caracterizados de palhaço. Durante a concentração, maquiadores estarão disponíveis para atender foliões que quiserem botar no rosto um sorriso de palhaço.

Segundo organizadores, os Palhaços do Rio Vermelho querem resgatar o autêntico Carnaval de rua soteropolitano das marchinhas, da pipoca e da fantasia. A trupe pretende também reviver a tradição do Bando Anunciador do Rio Vermelho, manifestação popular da década de 50 que abria os festejos populares do bairro. Outro objetivo do movimento é dar visibilidade a grupos folclóricos do interior do Estado e contribuir para a preservação da cultura popular da Bahia.

Moradores do Rio Vermelho e motoristas que transitam pelo bairro devem estar atentos às modificações no trânsito. A partir das 19h, as ruas da Paciência, Guedes Cabral, João Borges. Odilon Santos e Fonte do Boi serão parcialmente interditadas. Transalvador, Polícia Militar e Sucom vão monitorar o desfile e fazer a interdição progressiva de vias, conforme for avançando o desfile.

Fonte: Da redação