Saúde há 9 meses. Fonte: Agência Brasil

Anvisa aprova dose de reforço para vacina da Pfizer, mas faz recomendações ao Ministério da Saúde; veja aqui

Creditos da foto:ilustrativa/Pixabay
Anvisa aprova dose de reforço para vacina da Pfizer, mas faz recomendações ao Ministério da Saúde; veja aqui

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou resolução com a mudança da bula da vacina da Pfizer (Comirnaty) para incluir a possibilidade da dose de reforço e de que a aplicação adicional seja feita seis meses após a conclusão do ciclo vacinal para pessoas a partir de 18 anos. A aprovação foi condicionada ao monitoramento do uso da dose de reforço e de possíveis efeitos adversos.

Contudo, em reunião da diretoria colegiada nesta quarta-feira (24/11), foi aprovado voto, com questionamentos e recomendações ao Ministério da Saúde, para realização da campanha da dose de reforço desse e de outros imunizantes, anunciada na semana passada.

Isso porque o ministério informou, no dia 16 deste mês, que aplicaria as doses de reforço para todos os cidadãos com idade a partir de 18 anos. Até então, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) só direcionava doses de reforço para idosos, imunossuprimidos e profissionais de saúde.

Na semana passada, porém, nenhuma vacina contra a Covid-19 tinha autorização da Anvisa para a dose adicional. A agência enviou então um ofício ao Ministério da Saúde solicitando esclarecimentos sobre a campanha anunciada. O ofício foi respondido hoje, com respostas parciais.

A partir de hoje, a aplicação da dose de reforço da Pfizer passa a estar ancorada pela permissão da Anvisa, mas as demais, ainda não. O consórcio Oxford/AstraZeneca, que tem parceria no Brasil com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), solicitou no dia 17 deste mês autorização da terceita dose para quem tomou as duas primeiras do mesmo imunizante.

A Janssen também entrou com pedido na Anvisa para aplicação da dose de reforço tanto em quem tomou a dose única da farmacêutica quanto em quem recebeu doses de outras marcas. O requerimento foi feito no dia 19 de novembro. A Anvisa deve fazer a avaliação em até 30 dias.

Os pedidos do consórcio Oxford/AstraZeneca e da Janssen ainda estão em análise pela equipe da Anvisa. A CoronaVac, da farmacêutica Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, ainda não solicitou a atualização para contemplar a terceira dose.

Enquanto a alteração da bula da vacina da Pfizer foi decidida pela equipe técnica e publicada no Diário Oficial de hoje, a Diretoria Colegiada discutiu diretrizes para doses de reforço em geral. A relatora do tema, Meiruze Freitas, questionou o fato de o Ministério da Saúde não ter encaminhado a campanha a partir da aprovação da Anvisa. Mesmo assim, Meiruze reconheceu, com recomendações, o benefício da dose de reforço.

“O mais adequado seria o ministério ter aprovado por meio de rito regulatório da Anvisa, a inclusão da dose de reforço, permitindo essa posologia na bula das diferentes vacinas. Entretanto, a realidade nos impõe olhar todo o cenário, e a situação que vemos, como de maior controle do ponto de vista da vigilância sanitária”, disse Meiruze.

A relatora mencionou estudos tanto das farmacêuticas quanto de autoridades sanitárias de outros países que indicam um perfil de segurança após tomar a dose de reforço semelhante ao da segunda dose. Ainda de acordo com Meiruze, pesquisas científicas apontaram uma melhoria da resposta imunológica de pessoas que receberam doses adicionais seis meses depois da conclusão do ciclo vacinal original.

Quanto a quem tomou a dose de reforço com vacina diferente das originais, a Anvisa não vê risco. Por isso, pessoas que já tiveram a aplicação da dose adicional com uma marca distinta daquela usada no ciclo vacinal primário, a princípio, não teriam grandes possibilidades de efeitos adversos.

RECOMENDAÇÕES

Todavia, diante do fato de que ainda são necessários mais dados de monitoramento de eventos adversos da vacina da Pfizer e pelo fato das demais marcas ainda não terem autorização, a relatora apresentou ao Ministério da Saúde um conjunto de recomendações sobre a campanha.

Segundo Meiruze Freitas, o Ministério da Saúde já informou à Anvisa mudanças em relação ao que foi anunciado na semana passada. Pessoas vacinadas com imunizantes da Pfizer e da Janssen deverão tomar a dose de reforço da mesma marca das anteriores. Já as que receberam doses da Oxford/AstraZeneca e da CoronaVac receberão vacina de reforço de outra marca, como a Pfizer.

São estas as recomendações feitas pela relatora:

- Uso do esquema vacinal homólogo (mesma dose de reforço das originais tomadas) para a vacina da Pfizer;

- Emprego do esquema homólogo também para as vacinas da Janssen e Oxford/AstraZeneca até que haja uma decisão da Anvisa sobre os pedidos dos dois consórcios;

- No caso de aplicação da dose de reforço para pessoas que tomaram CoronaVac, o uso da vacina da Pfizer (única com previsão em bula) como dose de reforço;

- Adoção de um programa adicional para monitorar uso de vacinas em desacordo com a bula;

- Estabelecer o monitoramento dos esquemas vacinais, incluindo os riscos da estratégia adotada e reações adversas graves, como trombocitopenia, síndrome de Guilllain-Barré, linfadenopatia, miocardite e pericardite;

- Continuidade de estudos pela Fiocruz sobre a aplicação de doses adicionais;

- Adiamento da dose adicional de vacinas com RNA mensageiro, como Pfizer, para pessoas que tiveram miocardite após doses anteriores;

- Revisões contínuas sobre as informações relativas à segurança, eficácia e imunogenicidade das doses de reforço;

- Coordenação com estados e municípios para procedimentos de farmacovigilância e monitoramento dos efeitos dos esquemas vacinais da dose de reforço.

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Notícias Relacionadas

Não é um portal! É a vida ao vivo, em tempo real! O Aratu On é uma plataforma focada na produção de conteúdo audiovisual, que fala da Bahia e dos baianos para o Brasil e para o mundo. Aqui, a notícia é no tempo presente.

Fotos do Instagram

Um filhote de baleia Jubarte foi encontrado morto na manhã deste domingo (14/8) na praia da Ipitanga, em Lauro de Freitas, na  região metropolitana de Salvador.

De acordo com informações do G1, a Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) enviou uma equipe para remover o mamífero do local.

O Projeto Jubarte foi acionado pela Limpurb para retirar uma amostra do animal para realizar pesquisas. Sob a orientação do Projeto, o órgão de limpeza deve levar a baleia para um aterro.

O mamífero foi retirado da praia com um caminhão guindaste no final da manhã.

#AratuOnNa noite de sábado (13/8), as cantoras Maiara & Maraisa se apresentaram no Festival Na Praia, em um show feito para homenagear a cantora Marília Mendonça. Ela estava confirmada como a atração principal da noite ao lado das amigas, antes de sofrer o acidente fatal do dia 5 de novembro de 2021.

Para a Coluna Leo Dias, Maraisa desabafou: "Seria o dia da Marília e nós iríamos fazer parte do dia dela. De última hora marcamos esse show, mudamos a nossa agenda. Viemos aqui porque era um dia que a gente tinha que estar, ela queria muito".

A cantora ainda revelou que ela e a irmã conseguem sentir a presença da amiga quando estão no palco. "Na hora que a gente cantou ali Festa das Patroas, a gente sentiu uma conexão diferente, e é sempre assim". Maraisa também comentou que, quando gravou a música "Perfeito Pra Ficar Sozinho", com Murilo Huff, sentiu que Marília estava ali.

"É incrível que até o jeito que ele abraçava a gente ali no palco eram os mesmos trejeitos dela. Todo mundo saiu do palco sabendo que ali rolou uma coisa muito diferente. Foi forte, eu falei ‘caramba, você está aqui’. São umas conexões muito fortes para ser só dessa vida".

#AratuOn“Quem imaginaria que um pai administrador, com uma filha de seis anos (Ana Luísa) e um filho de meses (Luca), à época, arriscaria sua rotina estável para realizar um sonho que pudesse adoçar e transformar os seus dias e de toda sua família? 

A história do chef pâtissier Thiago Sá (@chefthiagosa) foi construída cheia de sacrifícios, mas com perseverança e dedicação”

Confira a história dele, pelas palavras de Tia Pri (@tiapriii), em #ColunistasOn

#aratuOn #DiadosPais“Igual à família Gracie no jiu-jitsu, quero tentar fazer um ‘legado Barreto’ no futebol”. A fala repleta de vontade é do funcionário público Fábio Barreto, de 35 anos, morador da cidade baiana de Amélia Rodrigues, a 87 km de Salvador. Mas, sobretudo, é de um pai que respira o esporte e que o apresentou aos quatro filhos assim que nasceram.

As mais novas, Isa Zuleica, 4, e Fabyan Catarina, 2, inclusive, destacam-se nas redes sociais por mostrarem, mesmo tão pequenas, que têm habilidades de sobra com os pés. Com milhares de seguidores somados no Instagram, TikTok e YouTube, elas já chamaram a atenção de jogadoras de diferentes elencos da Seleção Brasileira, como Fabi Simões, Cristiane e a baiana Formiga, e até de Alex Morgan, dos Estados Unidos.

“Aprendeu a andar com um ano e já fazia arte com a bola”, conta Fábio, orgulhoso, ressaltando que tudo é muito natural no dia a dia das meninas e que, aos poucos, a mentalidade “arcaica e patriarcal” de que menina não pode jogar vai acabando.

Confira a matéria completa em aratuon.com.br/esportes

@isaecatarinabarreto 

#AratuOn #futebolfemininoAinda não comprou o presente do #DiadosPais? Dá tempo! A consultora de moda e imagem Kika Maia (@kikamaiaplus), integrante do time de #ColunistasOn, traz sugestões de presentes para os papais estilosos e que gostam de moda. O detalhe? Todas as marcas listadas na coluna são daqui da Bahia.

Saiba um pouco mais sobre elas em aratuon.com.br/colunistason

Fotos do carrossel:

1 - @preta.brasil 
2 - @euzaria_ 
3 - @meninosrei 
4 - @universovivire 
5 - @atelie_2 

#aratuonÉ HOJE! 🤩

Você tem um encontro marcado com a galera do #AratuTáOn a partir de 13h15! Não perca ✨😜

@gordaroupa 
@vivianalecy 
@juanascastroO hemisfério norte terá uma noite de sexta-feira  privilegiada para assistir o pico de uma chuva de meteoros conhecida como Perseidas. A expectativa é que o fenômeno ocorra a partir das 23h de hoje permaneça até a madrugada deste sábado, quando será possível observar de 50 a 75 meteoros por hora, caso o céu apresente condições ideais. No Brasil, o evento poderá ser observado nas regiões Norte e Nordeste.

A limitação para assistir esse fenômeno será maior por causa da luz que será refletida por um outro corpo celeste que estará enfeitando o céu: a Superlua – nome que se dá à Lua Cheia quando ela se encontra na órbita mais próxima à Terra.

Com o brilho mais intenso de nosso satélite natural, ficará um pouco mais difícil observar a chuva de meteoros Perseidas.

De acordo com o Observatório Nacional (ON), quem estiver nas regiões Norte e Nordeste do Brasil pode conseguir observar a chuva, devido à posição do radiante (ponto do céu de onde os meteoros podem surgir) das Perseidas, que é visto na constelação de Perseu.

“Quanto mais baixo está o radiante no céu, menos irradiação de meteoros se pode assistir. E como as Perseidas estão baixas no horizonte, aqui no hemisfério sul, só será possível observar uma parte dos meteoros: cerca de um quinto ou um terço dessa região total que está irradiando”, explica o astrônomo parceiro do Observatório Nacional Marcelo De Cicco.

Segundo o ON, o ideal para se observar a chuva de meteoros é estar em um local escuro e afastado das grandes cidades, de forma a evitar poluição luminosa. É também indicado que se apague as luzes próximas. Uma coisa fundamental para a observação do fenômeno é o céu estar limpo.

“A constelação de Perseu será visível a Leste, sentido onde o Sol nasce, por volta das 23 horas do dia 12 (no horário de Brasília). Portanto, este é o horário recomendado para iniciar a observação dessa chuva de meteoros”, informou De Cicco.

A chuva de Perseidas ocorre devido à passagem da Terra por uma região do espaço onde encontram-se detritos deixados pelo 109P/Swift-Tuttle, um cometa que dá uma volta em torno do Sol a cada 133 anos. A última vez que o cometa visitou o sistema solar interno foi em 1992.

#AratuOnA campanha vai até o próximo dia 14 de agosto, com jogos de fliperama, futebol de botão, tabuleiro, videogame e gude. Para ter acesso ao espaço, especialmente montado no corredor L2 Sul, basta apresentar uma nota fiscal de compras com o valor mínimo de R$ 50.

#AratuOn #ShoppingBelaVista #PubliUma filhote de urso se intoxicou comendo grandes quantidades de mel alucinógeno na Turquia. O animal (fêmea) foi resgatado pelo Ministério da Agricultura, que publicou a situação na quinta-feira (11/8) nas redes sociais. 

"Nosso bebê urso pardo está de boa saúde, e nossas equipes continuam a tratá-lo. Vamos dar a nossa adorável "filha" que teve uma overdose de mel", escreveu o órgão turco no Instagram. 

Segundo o jornal The Guardian, a substância vem da flor de rododentro, uma planta arbustiva que contêm a toxina graianotoxina, capaz de envenenar os humanos e produzir efeitos alucinógenos.

#AratuOn
Ver Mais