AO VIVO Últimas Notícias
06/10/2023 16h02 | Atualizado em 09/10/2023 09h21

Sindicato dos postos de combustíveis chama lei sancionada por Bruno Reis de ‘absurda’

Lei foi sancionada nesta ultima terça-feira (3/10) e obriga ofrentistas a informar as autoridades policias sobre condutores embriagados

Sindicato dos postos de combustíveis chama lei sancionada por Bruno Reis de 'absurda' Foto: Reprodução / Freepik
Ananda Costa

O Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Combustíveis da Bahia (SINPOSBA) criticou a nova lei sancionada nesta terça-feira (3/10) pelo prefeito de Salvador, Bruno Reis (União). A lei obriga que os frentistas dos postos de combustíveis informem as autoridades policias sobre condutores embriagados. Em nota, o sindicato afirmou que o projeto “tramitou na Câmara de Vereadores sem que os sindicatos empresarial e laboral tenham sido chamados para participar dos debates”.

Ainda no texto, o sindicato disse que essa responsabilidade não deve ser passado para o frentista e que já entrou com um processo para provar a inconstitucionalidade da lei. “O texto claramente transfere a responsabilidade do Poder Público para a atividade empresarial e laboral, o que, por si só, demonstra o quão absurda é essa determinação legal.”

A lei entrará em vigor em janeiro de 2024 e estabelece penalidades rigorosas para os postos de combustíveis que não cumprirem com a determinação. Caso não denunciem motoristas embriagados, os estabelecimentos terão que pagar uma multa equivalente a dez salários mínimos.

LEIA MAIS: Lei em Salvador obriga frentistas a denunciarem motoristas com sinais de embriaguez

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Siga a gente no InstaFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!