AO VIVO Últimas Notícias
22/11/2021 09h05 | Atualizado em 22/11/2021 09h18

Salvador inicia distribuição de absorventes higiênicos para estudantes da rede municipal nesta segunda-feira; veja detalhes

O Ciclo de Cuidados também prevê diversas ações, dentre elas está a educação acerca da menstruação, higiene e saúde feminina.

Salvador inicia distribuição de absorventes higiênicos para estudantes da rede municipal nesta segunda-feira; veja detalhes Foto: Fontes Públicas
Da Redação

Salvador será uma das primeiras cidades do país a ter um programa de dignidade feminina que envolve, dentre outras iniciativas, a distribuição de absorventes higiênicos para alunas da rede municipal de ensino. 

O projeto do estado é da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-Ba). Ele prevê a distribuição de dez absorventes mensais para cerca de 206 mil estudantes da rede pública de ensino estadual.

Poderão receber o material todas as mulheres, homens trans e pessoas não binárias em situação de pobreza ou extrema pobreza, entre 11 e 45 anos. Com a iniciativa, a Bahia se junta a outros 12 estados e o Distrito Federal, que criaram políticas voltadas pra a distribuição do item de higiene pessoal este ano no Brasil.

Segundo a vice-prefeita Ana Paula Matos (PDT), a perspectiva é que equipamentos como os Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) também possam servir como pontos de retirada para pessoas em idade menstrual em situação de vulnerabilidade de maneira permanente.

De acordo com a gestora, que é uma das idealizadoras do projeto que vai fornecer o item básico para estudantes da rede municipal, para a implementação da primeira etapa um estudo foi feito entre as unidades escolares para identificar pessoas nesta condição. 

O cálculo permitiu que cerca de 500 mil absorventes descartáveis fossem comprados pela Secretaria Municipal de Educação (SMED). O investimento total da gestão foi de R$ 800 mil. 

O CICLO DE CUIDADOS

O programa de Dignidade Feminina será lançado nesta segunda-feira (22/11), fazendo de Salvador uma das primeiras capitais a adotar a proposta, às 8h30, na Escola Municipal Teodoro Sampaio, bairro da Santa Cruz, com as presenças do prefeito Bruno Reis (DEM) e do secretário municipal da Educação (SMED), Marcelo Oliveira.

Além da distribuição de absorventes, o Ciclo de Cuidados também prevê diversas ações. Dentre elas a educação acerca da menstruação, higiene e saúde feminina.

"A gente identificou, por exemplo, que muitas pessoas deixam de ir pra escola pela falta do absorvente", argumentou Ana Paula, elencando que, na falta de produtos adequados, muitas têm que recorrer ao uso de materiais anti-higiênicos e prejudiciais à saúde.

LEIA MAIS: Regina Duarte faz post polêmico nas redes: "Quando teremos o Dia da Consciência Branca, Amarela, Parda…?"

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

‌Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.

Fonte: Governo da Bahia