Um avião militar caiu na noite desta sexta-feira (25/9) no leste da Ucrânia e deixou ao menos 26 mortes. Dentre os 27 ocupantes, dois deles tinham sobrevivido, mas um acabou falecendo na manhã deste sábado (26/9) no hospital.

Sete tripulantes e 20 estudantes da Universidade Nacional de Aviação de Járkov (leste) estavam no avião. "Ucrânia perdeu 26 de seus filhos", disse presidente Volodimir Zelenski, em uma rede social. Ele viajou para o local do acidente e decretou um dia de luto nacional.

Segundo a apuração do UOl, o único sobrevivente sofreu uma concussão cerebral, mas não corre risco de morrer. Fotos e vídeos compartilhados em redes sociais mostram o avião Antonov An-26 parcialmente destruído e tomado por chamas, próximo a uma estrada. 

As informações iniciais são de que o piloto nformou que um dos motores falhou sete minutos antes do acidente, o que o fez pedir um pouso de emergência, segundo o Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU). Os estudantes não estavam envolvidos na pilotagem. O ministro da Defesa do País, Andrii Taran, afirmou que "muito provavelmente o avião tocou o solo com sua asa". 

ASSISTA

LEIA MAIS: Mortes por covid-19 podem dobrar para 2 milhões antes de vacina, diz OMS

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.