Após acusar o zagueiro Álvaro González de racismo, o canal Gol, da Espanha, analisou as imagens da partida através da leitura labial e flagrou possíveis insultos homofóbicos do brasileiro contra o espanhol. De acordo com o vídeo divulgado, o atacante teria chamado o defensor de puta maricon (puto viado, em tradução livre).

Uma Comissão DIsciplinar irá julgar Neymar, os outros quatro expulsos no confronto do último domingo (13/9) entre PSG e Olympique de Marseille e Di María, por ter sido flagrado cuspindo em direção a Álvaro González. O brasileiro pode pegar punição de quatro a sete jogos por conta da agressão desferida ao adversário.

INSULTOS RACISTAS?

A Téléfoot, emissora detentora da partida, informou que não encontrou conteúdos racistas nas imagens analisadas. Ainda assim, os trechos serão analisados pela Comissão Disciplinar da Liga de Futebol Profissional da França. O caso não será analisado nesta semana.

Em seu twitter, Álvaro González publicou uma foto ao lado dos colegas negros do Olympique de Marselha, mostrou-se contrário à discriminação e ainda deu uma indirera a Neymar. "Não há lugar para racismo. Carreira limpa e com muitos colegas e amigos no dia a dia. Às vezes você tem que aprender a perder e assumir isso em campo. Incríveis 3 pontos hoje"

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.