O treinador de futebol Oswaldo Alvarez, o Vadão, está internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Segundo informações do Portal Uol, ele está tratando um câncer de fígado e sua situação se agravou, recentemente.

Aos 63 anos, ele trata da doença desde o início de 2020, quando passou por sessões de quimioterapia e chegou a apresentar evolução, mas no momento o caso é grave, ainda de acordo com a publicação. 

Entre vários clubes brasileiros, Vadão treinou os times do Bahia e do Vitória, além além da seleção brasileira feminina. Sem trabalho desde que deixou as “canarinhas” em julho de 2019, eleo luta contra a doença há cinco meses e foi hospitalizado na semana passada devido às complicações.

Suas passagens mais marcantes foram por Guarani e Ponte Preta, equipes que dirigiu em cinco e quatro ocasiões diferentes, respectivamente. Morador de Campinas, ele nunca perdeu o dérbi da cidade: cinco vitórias e quatro empates.

Vadão também dirigiu o Athletico-PR, campeão da Seletiva da Libertadores de 1999, o Corinthians, no segundo semestre de 2000, e também o São Paulo, onde venceu o Rio-São Paulo de 2001 e revelou para o mundo do futebol o então jovem Kaká.

LEIA MAIS: Comerciante de 47 anos é morta com pelo menos 10 tiros dentro do próprio restaurante em Salvador

LEIA MAIS: Mandetta denuncia: Bolsonaro reuniu equipe para alterar bula da cloroquina; "não era coisa séria"

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.