O Elevador Lacerda, primeiro meio de transporte público do mundo, completa nesta terça-feira (8/12) 147 anos de história. O cartão-postal de Salvador foi idealizado pelo engenheiro Antônio de Lacerda e construído pelo irmão Augusto, entre 1869 e 8 de dezembro de 1873.

Criado para solucionar um problema existente de desnível na cidade no início do século XVII, quando o uso de guindastes era a única solução para o transporte de cargas em Salvador e as pessoas precisavam se locomover usando longas escadarias e ladeiras íngremes, o Elevador Lacerda tinha como principal função ajudar os moradores a cruzarem a cidade.

De acordo com a Coordenação de Equipamentos Urbanos da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), anualmente 5,4 milhões de passageiros utilizam o equipamento que liga as praças Tomé de Souza, na Cidade Alta, e Cairu, na Cidade Baixa.

O elevador mais famoso da Bahia chega a transportar 900 mil passageiros por mês ou, em média, 28 mil pessoas por dia ao custo de quinze centavos de real por passageiro, num percurso de trinta segundos de duração. 

Por conta da pandemia do coronavírus, o meio de transporte ficou fechado de março a agosto deste ano. Para retomada das atividades, o Elevador Lacerda passou por intervenção, implantação de climatização e estabelecimento de protocolos de segurança para utilização pelos cidadãos. Em agosto, o ascensor voltou a funcionar com capacidade reduzida para 30%, além de ser submetido a uma ampla reforma, pintura, troca de fiação e iluminação.

Atualmente, o equipamento funciona de segunda a sexta, das 7h às 22h, e aos sábados das 8h às 22h. Já aos domingos abre das 8h às 15h. Do alto de suas torres, descortina-se a vista da Baía de Todos-os-Santos, do Mercado Modelo e, ao fundo, o Forte de São Marcelo.

LEIA MAIS: Terror em Castelo Branco: agência da Caixa é atacada e moradores registram tiroteio em vídeo; assista

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.