Políticahá cerca de 1 mês. Fonte: Da redação

No cortejo do 2 de Julho, Isidório comenta denúncias contra a Fundação Dr. Jesus: "faço aquele teatro"; assista

Creditos da foto:reprodução/vídeo/Aratu On
No cortejo do 2 de Julho, Isidório comenta denúncias contra a Fundação Dr. Jesus: "faço aquele teatro"; assista

Quem também marcou presença no cortejo cívico do 2 de Julho, neste sábado, em Salvador, foi o deputado federal Pastor Sargento Isidorio (Avante). Na ocasião, não evitou falar sobre as denúncias contra a Fundação Dr. Jesus, da qual é fundador, afirmando que recebeu apoios de diferentes lados políticos com a "normalidade de um homem de bem".

"Lá [fundação] não é faculdade de engenharia, de medicina... Não é formato de padre nem de pastor. A gente recebe meninos traquinos e meninas que vendem drogas para recuperar; [gente] que quebrou o limite em casa, que fez rebelião contra pai, mãe e a sociedade", disse Isidório.

"Eu faço aquele teatro que 'mato', que 'mordo', que 'ranco c*lhão'... Mas eles não estariam aqui. Torturados fora de muro, de arame, de algema? Estão todos aí, felizes, mudando de vida, voltando a trabalhar e a estudar", afirmou.

VEJA ABAIXO

POLÊMICA NA FUNDAÇÃO DR. JESUS

 

No último dia 19 de junho, o programa Fantástico, da Rede Globo, denunciou práticas contrárias à ciência promovidas na Fundação Doutor Jesus. Além disto, num discurso, Isidório tecia frases lgbtfóbicas contra pessoas da comunidade LGBTQIA+ lotadas na instituição. Especialistas consultados pela reportagem criticaram o modelo de tratamento.

Em meio às denúncias, foi revelado de que a fundação deve receber do Governo da Bahia mais de R$ 56 milhões até 17 de junho de 2024. A informação foi divulgada inicialmente pelo portal Bahia Notícias e verificada pelo Aratu On, a partir de dados disponibilizados na edição do dia 15 de junho do Diário Oficial do Estado.

O montante é oriundo de um termo de fomento firmado entre a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e a comunidade terapêutica. O acordo é assinado pelo titular da pasta, Carlos Martins, e Francisca Edileuda Celestino e Silva, representante da fundação de Isidório, que é ex-assessora parlamentar do deputado no período em que ele cumpria mandato na Assembleia Legislativa da Bahia.

De acordo com o documento, a verba será destinada para o projeto Ararat VI, que visa o acolhimento de até mil pessoas, segundo justificativa dos organizadores, "de ambos os sexos, em situação de vulnerabilidade pessoal e social, usuários de álcool, crack e outras drogas, em ambiente favorável, organizado, promovendo a reinserção social, ocupacional, familiar e comunitária".

O detalhamento dos R$ 56 milhões é o seguinte: R$ 54.871.335,76 em contribuições do Palácio de Ondina e R$ 1.172.960,04 em auxílios. 

No dia 20 de junho, em entrevista à TV Aratuo parlamentar desafiou a Rede Globo a ir na Fundação Doutor Jesus e afirmou que a emissora é quem precisaria ser "investigada".

Procurado pelo Aratu On, Isidório assegurou que todos os trâmites seguiram rigorosamente o rito de fiscalização e auditagem pelo Governo do Estado. Ele sugeriu que faltam espaços na Bahia para fazer o trabalho que a Fundação Doutor Jesus realiza. "Se alguém quiser fazer esse tratamento, não há problema. Estamos às ordens. Eu acho, realmente, que o Governo Federal e o Governo do Estado têm que investir na recuperação dessas pessoas", disse.

"Se alguém quiser fazer essa recuperação, a gente nem começa esse projeto", acrescentou.

CORTEJO

Após três anos sem ser realizado, o cortejo do 2 de Julho, neste sábado (2/7), reuniu algumas das principais personalidades políticas do Brasil. Diante deste cenário, houve tumulto na passagem de alguns destes nomes.

O primeiro a criar aglomeração foi o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele esperou o cortejo passar de dentro do Colégio Soledade, na Lapinha. Quando o governador Rui Costa (PT) e o pré-candidato ao Governo, Jerônimo Rodrigues (PT), passaram pelo local, ele apareceu e arrastou uma multidão.

Os apoiadores do petista lotaram o trecho do percurso e enrolaram gritos de apoio a ele, que andou cerca de 59 metros e foi deslocado para uma rua lateral ao cortejo. Agora, ele participa de um evento na Arena Fonte Nova ao lado de apoiadores.

Quem também gerou tumulto foi o ex-prefeito da capital, ACM Neto (UB), pré-candidato a governador. Ao lado do prefeito Bruno Reis (UB), ele cumprimentou apoiadores e reuniu aliados, como o pré-candidato ao Senado, Cacá Leão (PP) e o vice-presidente da Câmara de Salvador, Duda Sanches (UB).

Também estiveram no cortejo outros dois pré-candidatos à presidência: Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB). o pedetista, assim como Lula, saiu antes do final do desfile.

Além deles, estiveram outras lideranças, como o presidente da Câmara soteropolitana, Geraldo Jr. (MDB), o senador Otto Alencar (PSD), a vice-prefeita Ana Paula Matos (PDT), entre outros.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos siga no InstagramFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 - 7440. Nos insira nos seus grupos!

Notícias Relacionadas

Não é um portal! É a vida ao vivo, em tempo real! O Aratu On é uma plataforma focada na produção de conteúdo audiovisual, que fala da Bahia e dos baianos para o Brasil e para o mundo. Aqui, a notícia é no tempo presente.

Fotos do Instagram

A contagem para o início da Copa do Mundo 2022 já começou. Faltam 105 dias. Quem for torcer para Seleção Brasileira já pode ir preparando o bolso. Afinal, desde o domingo (7/8) começaram as vendas das novas camisas do Brasil.

Por enquanto, já estão à venda exclusivamente no site da Nike - por R$ 349,99 e em todo o mercado brasileiro a partir de sexta-feira (12/8) -. O valor chama a atenção por ser mais da metade que o Auxílio Brasil - benefício de R$ 600 pago pelo Governo Federal a cerca de 5,2 milhões de pessoas por conta da crise que assola o país -. 

A camisa titular, predominantemente amarela, é estampada com desenhos inspirados na pele de onça e tem detalhes em verde na gola e nas mangas. Os shorts são azuis com a numeração em amarelo, enquanto as meias brancas exibem detalhes em verde e azul.

Já o uniforme reserva é azul e traz as pintas de onça nas mangas, em verde. O calção branco traz a numeração em verde, e o meião azul com detalhes em verde e amarelo.

Na parte interna da camisa, na altura da nuca, há um grafismo em homenagem à "Garra Brasileira". Já a parte interna frontal da camisa amarela traz o detalhe da bandeira do Brasil.

"Vibrante e arrojado, o uniforme 2022 da seleção brasileira homenageia a coragem e a cultura de um povo que nunca desiste. Inspirado na garra e beleza da onça, a camisa une todos os brasileiros", postou a CBF.

A campanha intitulada "Veste a Garra" traz personalidades como Alisson, Richarlison, Rodrygo, Philipe Coutinho, Marquinhos, Adriana e Ronaldo Fenômeno, além de famosos de fora do futebol, como o velocista Paulo André, o rapper Djonga, o funkeiro MC Hariel, a streamer Babi Loud e a judoca Rafaela Silva.

#AratuOn #CopaDoMundo2022Se você costuma usar redes sociais, já deve ter se deparado com vídeos de Kwon Min Sung, o “coreano pagodeiro” de 22 anos (ou 24, na idade coreana*) que ganhou uma avalanche de seguidores, comentários e curtidas após performar hits de funk e, nas últimas semanas, de pagode baiano.

Com um repertório atualizadíssimo, que inclui La Fúria, O Kannalha e Oh Polêmico, o jovem deixa os seguidores surpresos com tanto molejo. “Você é baiano e não tá sabendo”, disse um. Mas, na verdade, Min Sung é de Yongin, a cerca de 40 quilômetros da capital, Seul, e descobriu e se encantou com o Brasil sem nunca ter visitado o país, graças ao “app vizinho”, o TikTok, onde tem mais de 1,4 milhão de seguidores.

Entre directs, e-mails e KakaoTalk (aplicativo similar ao WhatsApp e popular na Coreia do Sul), o Aratu On entrevistou o jovem influencer, que fez questão de responder às perguntas em português. Carismático, ele diz que não sabe “falar bem” nosso idioma, mas que está aprendendo com a ajuda do Google Tradutor. 

#AratuOn #Pagode #MinSungÉ HOJE! 🤩

Você tem um encontro marcado com a galera do #AratuTáOn a partir de 13h15! Não perca ✨😜

@gordaroupa 
@vivianalecy 
@juanascastroO candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, escolheu Ana Paula Matos, vice-prefeita de Salvador, como sua vice na disputa ao Planalto. Essa é a terceira vez que o ex-ministro disputa a eleição ao Executivo federal. 

A escolha por Ana Paula foi decidida durante uma reunião da Executiva do PDT na manhã desta sexta-feira (5/8), na sede do partido em Brasília. O nome foi definido no último dia do período das convenções partidárias, quando as legendas oficializam seus candidatos.

Sem ter conseguido apoio de outros partidos para compor sua chapa, o pedetista repete a mesma fórmula que usou em 2018: anunciar uma mulher do próprio partido no último dia das convenções. Naquele ano, a senadora Kátia Abreu (PP-TO), então correligionária de Ciro, foi anunciada no dia 5 de agosto, prazo final dos eventos que oficializam a candidatura dos postulantes na eleição.

QUEM É ANA PAULA MATOS?

Advogada, professora, pós-graduada em finanças e com mestrado em administração, Ana Paula, 44 anos, é servidora concursada da Petrobras. Iniciou a trajetória na gestão municipal como diretora geral de Educação, em 2013.

Na sequência, Ana Paula foi chefe de gabinete da vice-prefeitura, presidente do instituto de previdência municipal, secretária das Prefeituras-Bairro, secretária de Promoção Social e combate à pobreza, e secretária de Governo de Salvador. Em 2020 foi eleita vice-prefeita de Salvador em chapa com Bruno Reis (DEM).

Ana Paula, nascida em Salvador, tem atuação forte na área social e de combate à pobreza, compreendendo a importância da luta para acabar com a miséria no Brasil. Negra, tem lutado contra o racismo e defendido políticas afirmativas. Eleita, será a primeira mulher negra à ocupar o cargo no Brasil.

Professora, formada em Administração de Empresas pela Universidade Salvador (1998) e em Direito pela Universidade Católica do Salvador (2001), é pós-graduada em Finanças Corporativas pela Unifacs (2000) e mestre em Administração, pela Universidade Federal da Bahia (2002).

Confira a matéria completa em www.aratuon.com.br

#AratuOn #CiroGomes #PDTTem início nesta sexta-feira (5/8) e vai até 15 de agosto o novo prazo para que as prefeituras cadastrem taxistas que poderão receber o benefício emergencial concedido a motoristas de táxi, o Bem-Taxista. Ele será pago até dezembro próximo como ajuda para compensar a elevação do preço de combustíveis e derivados.

O auxílio emergencial começará a ser pago no dia 16 de agosto em seis parcelas de R$ 1 mil, “observadas a quantidade de taxistas elegíveis e o limite global disponível para o pagamento do auxílio”, informou, hoje, em Brasília, o Ministério do Trabalho.

Têm direito ao benefício motoristas de táxi registrados nas prefeituras, titulares de concessões ou alvarás expedidos até 31 de maio.

Segundo o ministério, a prestação das informações caberá inteiramente às prefeituras (ou ao governo do Distrito Federal, no caso da capital federal), não sendo necessária qualquer ação por parte dos taxistas. Em caso de dúvidas, o motorista deve entrar em contato com a prefeitura para verificar o cadastro municipal.

PAGAMENTO

“É importante esclarecer que o mero cadastramento dos taxistas não garante o pagamento do Benefício Taxista. Os dados enviados pelos entes municipais e distrital serão analisados pela Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social) para identificação dos profissionais elegíveis”, anunciou o ministério.

As duas primeiras parcelas - referentes a julho e agosto - serão pagas em 16 de agosto. No dia 30, receberão o auxílio taxistas das cidades cujas prefeituras perderem o primeiro prazo para enviar os dados dos trabalhadores ao governo.

O motorista que estiver com o CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) pendente de regularização junto à Receita Federal não poderá receber o valor. Além disso, o benefício não poderá ser pago cumulativamente com o auxílio caminhoneiro. Mais informações podem ser obtidas por meio do aplicativo Caixa Tem.

#AratuOn #AuxilioEmergencial #BemTaxistaPresidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Adolfo Menezes (PSD) afirmou que os políticos precisam assumir responsabilidade sobre os índices de violência que assolam o estado e, sobretudo, o Brasil. O parlamentar foi entrevistado pelo programa Linha de Frente, do Grupo Aratu, na quarta-feira (3/8).

Em ano de eleição, os principais opositores ao governo Rui Costa (PT) vêm criticando sistematicamente a gestão petista frente à segurança pública baiana. Para Menezes, a discussão é mais complexa do que vem se apresentando no período pré-eleitoral.

"Aí você vê gente prometendo que vai acabar com a violência. É só discurso político. A responsabilidade, sim, é dos homens públicos: deputados, senadores... todos. A responsabilidade não é do povo, mas de quem faz as políticas públicas, a forma de melhorar a economia com essas eocnomias para se traduzir em mais emprego e qualidade de vida", declarou.

"Não adianta treinar milhares de policiais em todos os estados, como foi feito aqui na Bahia, quando se tem 34 milhões passando fome e 1/3 da população saindo de casa sem saber o que vai comer naquele dia. Contraste cada dia aumentando e esse estado paralelo de milhões de pessoas à margem da sociedade, sem emprego, sem perspectiva e sem comida", finalizou.

#AratuOnUma aposentada, Maria Berklian, tem ganhado fama no TikTok por mostrar sua vida nada convencional de uma senhora tradicional brasileira. É que, na sua rotina, ela faz compras que não são básicas.

Apenas em uma das lojas, o gasto ultrapassa os R$ 200 mil. Maria já vem sendo chamada de "Rainha do Brasil". “Era só para ser uma voltinha no shopping. Mas vocês conhecem a rainha né?”, diz a narração de um dos vídeos.

Em um deles, inclusive, uma vendedora da Rolex aparece conversando com a senhora. "Esse aqui [relógio] está R$ 83.763 e esse está R$ 96.465. Tá barato, não tá barato?”, diz. A idosa concorda.

Apesar de aposentada, Maria Berklian já trabalhou como costureira e feirante. Em seguida, porém, criou uma rede de supermercados com o marido. Quem cria os conteúdos da senhora é Gabriela Paiva, de 27 anos, engenheira de produção. Ela é a principal companheira de shopping de Maria.

#AratuOnNo último sábado (30/8), durante um show no Maranhão, o cantor Gusttavo Lima teve o seu colar arrancado enquanto interagia com o público. Poucos dias após o ocorrido e tamanha repercussão, a fã responsável pelo ato afirmou que se sentiu muito mal e devolveu a joia para a produtora que organizou o evento.

Segundo a ela, o colar arrebentou em sua mão e não tinha a intenção de arrancar o acessório. O item está avaliado em R$ 100 mil. 

O CASO

O episódio aconteceu em um show de Gusttavo Lima no dia 30 em São Luís, no Maranhão. Ao se aproximar de fãs para cumprimentá-los, o cantor teve o colar arrancado por uma mulher.

Nas imagens, ele desce do palco acompanhado de vários seguranças e, em seguida, é puxado pelo braço e tem o objeto arrancado do pescoço por uma pessoa. No momento, o sertanejo olha para a plateia, pede calma para os fãs e continua andando. "Calma, calma! Que isso?", disse. 

#AratuOn #GusttavoLimaSalvador inicia, na próxima segunda-feira (8/8), a Camapanha de Vacinação Antirrábica para cães e gatos. A estratégia irá seguir até o dia 17 de setembro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, em 100 de saúde da capital, além de atuação volante dos agentes de saúde e pontos itinerantes situados em locais de grande circulação da cidade.

A vacinação também ocorrerá aos finais de semana, a partir do próximo dia 20, no sistema drive-thru. Os tutores e seus animais poderão comparecer no campus da UniFTC, na Paralela, e no Estacionamento I do Shopping da Bahia. A estimava é que 190 mil animais devem ser imunizados na campanha.

A lista completa dos locais estará disponível no site da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), e nas redes sociais oficiais da Prefeitura, além do canal Fala Salvador 156 e pelo telefone do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), no número (71) 3611-7331, onde será possível também tirar dúvidas. 

USO DE MÁSCARA 

Para evitar a disseminação da Covid-19, o uso da máscara pelos tutores que levarem os bichos para imunização é recomendável. Devem ser imunizados animais a partir dos três meses de idade, exceto os que estiverem doentes. O último caso de raiva humana em Salvador foi registrado em 2004.

#AratuOn
Ver Mais