AO VIVO Últimas Notícias
09/02/2015 16h46 | Atualizado em 09/02/2015 16h57

Polícia apresenta mais dois acusados da morte de empresária em Amaralina

Polícia apresenta mais dois acusados da morte de empresária em Amaralina

Da Redação

Marlon Soares Freitas, de 27 anos, e Leandro de Jesus Leite, 21, acusados de envolvimento no latrocínio da empresária Maria Conceição Neves Soares, 69, no dia 1º de fevereiro, em Amaralina, já tiveram as prisões temporárias decretadas pela Justiça. Eles foram presos, na quinta-feira (5), quando compareceram à 28ª Delegacia Territorial (DT), no Nordeste de Amaralina, acompanhados de seus advogados.
A dupla foi apresentada à imprensa, nesta segunda-feira (9), no auditório do edifício-sede da Polícia Civil, juntamente com Hugo Adriano Santana de Amorim, 20, também acusado de participação no crime. Hugo foi preso, na quarta-feira (4), na localidade conhecida como Alagados, no Nordeste de Amaralina, por investigadores da 28ª DT.

O delegado-adjunto do Departamento de Polícia Metropolitano, Carlos Habib, e a titular da 28ª DT/Nordeste de Amaralina, delegada Maria Selma Lima, contaram aos jornalistas os detalhes da investigação. Segundo a delegada, Leandro confessou sua participação no latrocínio e apontou Marlon e Hugo como cúmplices. Leandro dirigia o Fiesta Rocan, marrom, de sua propriedade, que aparece nas imagens do circuito de segurança de um estabelecimento próximo que registrou a ação dos bandidos. Marlon já esteve preso por tráfico e também é suspeito de cometer homicídios no Nordeste de Amaralina. A delegada disse que Hugo aparece nas imagens tentando abrir a porta do Fiat Uno Way da empresária.

Segundo a delegada Maria Selma, o trio faz parte de uma quadrilha de traficantes do Nordeste de Amaralina, que, em janeiro deste ano, teve apreendidos 30 quilos de maconha numa operação da Polícia Militar. A delegada afirmou que eles queriam roubar o veículo de Maria Conceição porque precisavam de dinheiro para cobrir o prejuízo provocado pela perda da droga.
Leandro, Marlon e Hugo, este último com prisão preventiva decretada, serão conduzidos ao Complexo Penitenciário da Mata Escura. O Fiesta Rocam usado pelos ladrões será periciado no Departamento de Polícia Ténica (DPT).

Fonte: Da redação