AO VIVO Últimas Notícias
08/01/2015 16h56 | Atualizado em 08/01/2015 17h08

Quadrilha envolvida em tiroteio que baleou criança de 1 ano em Paripe é presa

Quadrilha envolvida em tiroteio que baleou criança de 1 ano em Paripe é presa

Quadrilha envolvida em tiroteio que baleou criança de 1 ano em Paripe é presa Foto: Ascom-Polícia Civil
Da Redação

Uma operação conjunta das polícias Civil e Militar resultou na prisão de seis traficantes e homicidas que atuavam no bairro de Paripe. O bando foi preso, na terça-feira (6), na Praia do Emissário, Região Metropolitana de Salvador, por equipes da 59ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM).

Denúncias encaminhadas ao WhatsApp do Sistema de Informação para Proteção à Pessoa (SIPP), da Polícia Civil, por meio do número 9956-2436, auxiliaram na prisão. Luís Carlos Souza Santos, o ?Lulinha?, de 28 anos, Joelson Pereira Santos, o ?Nariga?, 23, Adailton dos Santos de Jesus, o ?Bulldog?, 20, Renan William da Silva de Jesus, 22, Rogério Santos Lima, o ?Pio?, 23, e Fabrício Costa dos Santos, o ?Binho?, 20, foram conduzidos pelos policiais à 26ª Delegacia Territorial (DT/Vila de Abrantes) e, posteriormente, transferidos para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Responsável por vários assassinatos na região de Paripe, o bando controlava um ponto de tráfico de drogas na localidade do Bate Coração. ?Nariga?, executor das mortes atribuídas à quadrilha, era procurado pelo DHPP e pelo Departamento de Narcóticos (Denarc). Ele tinha dois mandados de prisão em aberto por tráfico e homicídio. ?Lulinha?, líder da quadrilha, também estava com a prisão decretada pela Justiça, por tráfico.

Vítimas
Erickson Santos Teixeira, Alexandre da Silva Santos, Luís Carlos Santos e Juliano Nascimento, integrantes de quadrilhas rivais, foram vítimas do bando. De acordo com o delegado Guilherme Machado, titular da 3ª Delegacia de Homicídios DH/BTS a quadrilha de ?Lulinha? rivalizava com os traficantes das localidades da Portelinha, Tubarão e Barro Amarelo, em Paripe.

Segundo o delegado, os criminosos também estavam envolvidos no tiroteio que feriu Mário Gabriel da Silva Lago, de um ano e sete meses, baleado durante troca de tiros entre traficantes, em Paripe, em novembro do ano passado.

Foto: Reprodução TV Aratu

Foto: Reprodução TV Aratu

Renan William, ?Bulldog?, ?Pio? e ?Lulinha?, que já tinham passagem por tráfico de drogas, além de Adailton e ?Binho?, foram encaminhados ao Núcleo de Prisão em Flagrante (NPF), no Complexo Penitenciário da Mata Escura.

A quadrilha foi apresentada à imprensa nesta quinta-feira (8), durante coletiva conduzida pelos delegados Guilherme Machado, titular da DH/BTS, Ana Karina Sampaio Guerra, do Denarc, e Carlos Habib, do Departamento de Polícia Metropolitana (DEPOM), além do major PM Daniel Figueiredo, comandante da 59ª CIPM.

Fonte: da redação