AO VIVO Últimas Notícias
15/12/2016 11h44 | Atualizado em 15/12/2016 11h47

ELEIÇÕES NO VITÓRIA: Conheça as propostas, história e ideias de quem vai gerir o Leão em 2017

ELEIÇÕES NO VITÓRIA: Conheça as propostas, história e ideias de quem vai gerir o Leão em 2017

ELEIÇÕES NO VITÓRIA: Conheça as propostas, história e ideias de quem vai gerir o Leão em 2017 Foto: Reprodução internet
Diego Adans

Após semanas de acirradas disputas com debates nos meios de comunicação e nas redes sociais, os sócios do Vitória  vão poder escolher, nesta quinta-feira (15/12), o novo Conselho Deliberativo a ser formado por 200 membros efetivos e 70 suplentes. Deste grupo vencedor, após eleição interna no conselho, sairá o novo presidente do rubro-negro baiano para um mandato de três anos.

Num dia tão decisivo para o clube de 117 anos de história, o Aratu Online fala um pouco mais sobre as quatro chapas inscritas na disputa pelo Conselho Deliberativo. A Comissão Eleitoral, de acordo com o regimento do clube, oficializou: Vitória Gigante, Vitória Cada Vez Mais Forte, Vitória de Todos Nós e Vitória do Torcedor.

A assembleia terá início às 10h, em primeira convocação, com três quartos dos associados; às 10h30, em segunda ‘chamada’, com maioria simples; às 11h, última convocação, com qualquer número de associados. O fim da votação está marcado para 21h. ( Saiba como será o acesso dos sócios aqui).

O pleito acontece da seguinte forma. Os sócios patrimoniais e os 1,9 mil sócios com mais de 18 meses do programa Sou Mais Vitória (SMV) escolherão a chapa com integrantes para o Conselho Deliberativo. Este, por sua vez, será empossado imediatamente e terá 48 horas para convocar a eleição para a presidência do clube (chamada de Conselho Diretor), que será realizada dentro do órgão.

BATE-CHAPA

A primeira chapa inscrita, o ?Vitória de Todos Nós?, é formada essencialmente por dissidentes da situação. Seus candidatos a vice-presidente e presidente do Conselho Deliberativo são o coronel da Polícia Militar Cristóvão Rios, atual presidente do Conselho Fiscal do Vitória, e o advogado Nilton Almeida, ex-diretor jurídico do clube. O grupo já tem também pré-candidato à presidência do Leão: Ricardo David, diretor de marketing do rubro-negro entre outubro e 2014 e novembro de 2015.

A outra chapa opositora é a ?Vitória do Torcedor?. Os candidatos à presidência e vice-presidência do Conselho Deliberativo são Paulo Catharino Gordilho Filho, advogado, e Robinson Almeida, ex-secretário de comunicação do governo do estado. O pré-candidato a presidente do clube é o advogado Ivã de Almeida, derrotado por Raimundo Viana no pleito de março de 2015 (para completar o mandato de Carlos Falcão, que havia renunciado).

Por fim, a chapa ‘Vitória Gigante’. Após um choque com o ‘Vitória do Torcedor’, decidiu lançar sua própria candidatura. Nela, Walter Seijo será o candidato à presidência do Conselho Deliberativo e Larissa Dantas como a vice. Se esta chapa levar a melhor, o ex-presidente Paulo Carneiro, que deixou o comando do clube em 2000, possivelmente, seria o escolhido para assumir a comando do clube.

Veja os três candidatos se atacando no primeiro debate das eleições do Vitória ocorrido aqui na TV Aratu:

A única chapa de ‘situação’ é a ‘Vitória Cada Vez Mais Forte’, cujos candidatos ao Conselho são o ex-vereador Pedro Godinho (presidente) e o advogado Djalma Abreu (vice-presidente). Raimundo Viana, que até então se mantinha calado, pois, segundo ele, em entrevista ao jornal A Tarde, seu “compromisso era ser presidente, e não ?presidente candidato?” é o candidato à reeleição. Por conta disso, não participou do debate organizado pela Aratu.

Basicamente, as diferenças entre as propostas das quatro chapas é a democratização do processo eleitoral do clube.  Uns defendem eleições diretas para presidente do conselho diretor com a candidatura de torcedores recém associados. Outros, por sua vez, defendem filtros, como um período de associação.

Vejam o que os candidatos disseram sobre a democratização no debate da TV Aratu:

As diferenças não param por aí. Para uns, sócios políticos’podem exercer cargos no clube. Outros pensam o contrário. No quesito infraestrutura, há àqueles que defendem um Barradão melhorado, moderno, mas sem grandes investimentos. Outros, por sua vez, sonham e prometem uma Arena Multiuso.

Veja as principais propostas dos candidatos à eleição do Vitória sobre montagem de elenco e planos de sócios.

Confira:

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos na página facebook.com/aratuonline.

Fonte: Diego Adans