AO VIVO Últimas Notícias
29/08/2022 12h50 | Atualizado em 29/08/2022 13h14

Morar na Itália e ainda ganhar até 75 mil reais? Cidade italiana cria programa de incentivo a moradores

Segundo o prefeito da cidade, Christian Solinas, o projeto é uma tentativa de impedir a saída de famílias da cidade e abrir oportunidades para quem quiser viver na localidade.

Morar na Itália e ainda ganhar até 75 mil reais? Cidade italiana cria programa de incentivo a moradores Foto: Gabriele Maltinti
Da Redação

O governo da Sardenha, cidade localizada no Oeste da Itália, liberou um fundo de verba que convida pessoas para morar nas partes mais isoladas do município. O anúncio, que oferece até 15 mil euros (cerca de R$ 75 mil em moeda brasileira), foi publicado no início do mês de julho.

Segundo o prefeito, Christian Solinas, o projeto é uma tentativa de impedir a saída de famílias da cidade e abrir oportunidades para quem quiser morar na localidade.

"São medidas contra o despovoamento e isolamento dos territórios. Criamos as condições para que os jovens decidam ficar nos territórios mais frágeis", afirmou. O pacote financeiro permite que o governo da Sardenha cubra até 50% dos gastos para a transferência de residências para a Ilha. 

Uma nota publicada no portal da Prefeitura aponta que esse valor pode chegar até o teto máximo de 15 mil euros por pessoa, sendo que poderá ser beneficiado um membro por família. Ao todo, são 45 milhões de euros (R$ 228 mi) que serão entregues à cidade ao longo de três anos (2022, 2023 e 2024). 

A ilha da Sardenha tem passado por um processo de "fuga de mão de obra", onde os mais jovens decidem ir para outras cidades da Europa, ou para os grandes centros italianos. Com isso, a medida se junta a outras, já implementadas pela atual gestão da cidade, para conter esse processo, como o "auxílio nascimento".

LEIA MAIS: Lista de personalidades que concorrem à eleições na Bahia tem de pagodeiros a ex-atletas; veja

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos siga no InstagramFacebook e Twitter. Quer mandar uma denúncia ou sugestão de pauta, mande WhatsApp para (71) 99940 – 7440. Nos insira nos seus grupos!

Fonte: Da redação