AO VIVO Últimas Notícias
26/02/2017 18h16 | Atualizado em 26/02/2017 18h16

OSTENTAÇÃO: Fiel, Camaleão supera crise e mantém altos preços mesmo com ‘modelo pipoca’

OSTENTAÇÃO: Fiel, Camaleão supera crise e mantém altos preços mesmo com ‘modelo pipoca’

OSTENTAÇÃO: Fiel, Camaleão supera crise e mantém altos preços mesmo com ‘modelo pipoca’ Foto: Thais Lorene
Da Redação

Quase um salário mínimo. O dinheiro que muita gente ganha em um mês. Há quem gaste em um dia e sem dó nem piedade. R$ 800. Este é o valor de duas cestas básicas dado em uma fantasia: a do Camaleão. Um dos blocos mais caros do Carnaval de Salvador. Aquele que compra um espaço dentro da corda diz vestir um verdadeiro passaporte para alegria.

Muitos têm o bloco e o puxador Bell Marques como religião. Tamanho o estado de êxtase que entrar no primeiro arcode na folia. São foliões do Brasil inteiro. A maioria fã de carteirinha. Que já saem no Camaleão há pelo menos mais de uma década. Tem as letras na ponta da língua e a batida do coração. Juntam dinheiro o ano inteiro. Esperam até chegar Fevereiro para viver tal emoção.

Um mineiro nos contou que esse é o 17 ano de Camaleão. Se fizermos uma conta rasa de quanto ele já gastou em fantasia. Chegamos a quase R$ 15.000! Sem falar do custo de passagem, hospedagem e alimentação. Disse pra ele que com esse dinheiro daria pra comprar um carro semi-novo ou até dar entrada em uma casa. Sabe o que o mineiro me respondeu? Nada disso compra a minha A-L-E-G-R-I-A. Conheça um pouco mais do Camaleão e dos seus seguidores na live abaixo!

Veja vídeo abaixo:

 

 

Fonte: Da redação