AO VIVO Últimas Notícias
24/05/2024 15h55 | Atualizado em 24/05/2024 15h59

Bola de Ouro de Maradona reaparece em leilão na França e família tenta impedir venda

O troféu estava desaparecido há décadas e só foi encontrado em 2016 pela própria casa de leilão

Foto: Reprodução/SBT
SBT News

A família de Diego Maradona entrará com uma ação judicial para impedir que a Bola de Ouro que o craque argentino venceu, prêmio que elege o melhor jogador do mundo na temporada, seja vendida na casa de leilões Aguttes, localizada na França. A informação foi revelada pela Associated Press no último dia 14 de maio.

Maradona ganhou o prêmio após levar a Argentina para o título da Copa do Mundo no México, em 1986, com o “Gol do Século” e a “Mão de Deus” contra a Inglaterra. A venda está marcada para o dia 6 junho e é anunciada como “Um Testemunho da História do Futebol”.

O troféu estava desaparecido há décadas e as histórias que o cercam não poderiam ser mais polêmicas. Assim como foi a carreira do jogador. A casa de leilões aponta que Maradona teria perdido a premiação durante um jogo de pôquer ou vendido para pagar dívidas.

Outra linha indica que, durante a época que o jogador fez história no time de Napoli, na Itália, mafiosos arrombaram o cofre de um banco da cidade e roubaram a peça única.

Neste argumento, o advogado Gilles Moreu, que representa a família, afirmou que realizará um pedido urgente ao presidente do Tribunal Judicial de Nanterre, próximo de Paris, para que a Bola de Ouro seja retirada do leilão. Além disso, ele também solicitará sequestro judicial do troféu, apresentando queixa por furto.

O troféu só foi reaparecer em 2016, quando a Aguttes adquiriu a premiação em lotes de uma coleção particular durante um leilão em Paris. Segundo a casa de leilões, o antigo proprietário não sabia que o troféu teria sido roubado.

Para o advogado, mesmo que o vendedor não soubesse que a Bola de Ouro tivesse sido roubado, “não parece que ele tenha entrado em contato com Diego, o que não seria tão complicado”, disse Gilles Moreu.

Recentemente, a instituição investigou a procedência do troféu e confirmou que é a Bola de Ouro. O prêmio é considerado a última peça da carreira majestosa de Maradona e deverá ser vendido por quantias milionárias.

Para participar da venda, é necessário um depósito antecipado no valor de 150 mil euros, o equivalente a quase R$ 850 mil.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo no www.aratuon.com.br/aovivo. Siga a gente no InstaFacebook e Twitter. Envie denúncia ou sugestão de pauta para (71) 99940 – 7440 (WhatsApp).