O prefeito eleito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), morreu na madrugada desta quarta-feira (13/1), aos 71 anos, após um longo período de internação por causa da Covid-19. A informação sobre a morte foi confirmada na página oficial do político no Facebook.

“É com profundo pesar que comunicamos o falecimento do prefeito de Goiânia, Maguito Vilela, ocorrido nesta madrugada de 13 de janeiro. Internado desde o dia 22 de outubro para tratar da Covid-19, Maguito lutava contra uma infecção pulmonar diagnosticada na semana passada. A família está providenciando o traslado do corpo de São Paulo para Goiás e ele deve ser sepultado em Jataí, sua terra natal”, diz a publicação.

Maguito estava licenciado desde a posse, no dia 1º de janeiro, e quem está no comando da capital goiana é o vice-prefeito eleito, Rogério Cruz (Republicanos). Ele estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde o último dia 27 de outubro e, de acordo com sua assessoria, lutava contra uma infecção pulmonar diagnosticada na semana passada.

Mesmo internado, Maguito foi eleito no segundo turno em Goiânia com 277.497 dos votos (52,60% dos votos válidos), contra 250.036 de seu rival, Vanderlan Cardoso (47,40%). Ele foi diplomado ao cargo em dezembro, mas se licenciou após tomar posse por meio de assinatura eletrônica no dia 1º de janeiro.

LEIA MAIS: Com reajustes, planos de saúde criam alternativas para consumidor manter benefício; confira

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.