A Coronavac, vacina produzida pela farmacêutica chinesa Sinovac, teve o uso emergencial autorizado pela agência oficial de medicamentos e dispositivos médicos da Turquia. A informação foi divulgada pela agência de notícias do Estado, Anadolu, nesta quarta-feira (13/1).

A Turquia comprou 50 milhões de doses do imunizante, e deve receber, inicialmente, 3 milhões de doses. De acordo com o presidente do país, Tayyip Erdogan, a vacinação deve começar na quinta ou sexta-feira. Os profissionais da saúde serão os primeiros a receber o imunizante.

No Brasil, o Instituto Butantan coordenou os testes da Coronavac. No mês passado, em uma análise preliminar, a Coronavac teve eficácia de 91,25% contra o novo coronavírus. Ontem (12), o Instituto Butantan divulgou que a vacina tem eficácia geral de 50,38%, nos testes feitos no Brasil. A diferença entre as pesquisas é considerado algo 'natural', já que as doses não foram aplicadas à mesma população.

LEIA MAIS: Pazuello afirma que vacinação começará em janeiro e que Manaus terá prioridade; "ninguém receberá antes"

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.