Após o atentado, da madrugada desta quarta-feira (15/10), contra integrantes da Associação de Praças da Polícia Militar (ASPRA), no bairro da Saúde, Centro de Salvador, a Secretaria da Segurança Pública informou, em nota oficial, que investiga a veracidade da ocorrência.

Segundo a SSP-BA, o veículo envolvido na situação passa por perícia e as pessoas presentes no caso serão ouvidas. Informações preliminares dão conta de que houve um atentado próximo à sede da ASPRA, que teria deixado , pelo menos, dois agentes feridos. O coordenador da entidade e deputado estadual, Marco Prisco, seria o alvo dos atiradores. 

LEIA MAIS: Sedes de associação de PMs na Bahia são interditadas por determinação judicial; assista

 

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.