A Polícia Militar promoveu pela segunda vez em menos de um mês uma grande mudança dentro da corporação. Agora, segundo publicação no Diário Oficial da Bahia desta terça-feira (23/2), cerca de 120 oficiais saíram dos seus cargos ou foram realocados. 

A "dança das cadeiras" ocorre exatamente uma semana depois da promocão de tenentes, capitães, majores e coronéis. Diversos cargos importantes dentro da corporação - a exemplo dos Comandos de Policiamento -, agora, têm novos nomes. Em toda a Chapada Diamantina sai o coronel Valter Santos de Araújo, que chefiará o policiamento da Região Norte, e assume o também coronel Marcelo Queiroz Pinto. 

Na mesma linha, os Comandos de Policiamento de Salvador das Regiões Central e Baía de Todos os Santos têm novos nomes, após a saída do coronel Paulo Coutinho e Nilton Machado para o Comando e Subcomando-Geral da PM, respectivamente. Agora, Adalberto Oliveira Piton da Silva será o responsável por substituir Coutinho na região Central de Salvador, enquanto Paulo José Campos Guerra ficará na área BTS. 

Outras mudanças significativas estão em Companhias Independentes de Policiamento Tático (CIPT/Rondesp) de Salvador. Na Central, o tenente coronel Wildon Teixeira dos Reis - que seguirá para o Batalhão de Choque - passa o cargo para o major Gleison Vinícius Costa. Já na Rondesp BTS, o tenente coronel Elsimar Leão - agora coordenador do Subcomando-Geral - deixará a chefia da unidade para o tenente coronel Roberto Santana de Araújo. 

O comandante-geral da PM ainda promoveu alterações em Batalhões e Companhias Independentes por toda a Bahia e em outras áreas, a exemplo do comando de Operações Policiais Militares, que era chefiado pelo coronel Humberto Sturaro. Ele deu lugar, em janeiro, para o também coronel Manoel Xavier. Agora, sai o subcomandante do COPPM, tenente coronel Bruno Lopes Sturaro, para assumir Elias de Jesus Neves, de mesma patente. 

POLÍCIA CIVIL 

Assim como a PM, a PC teve uma pequena "dança das cadeiras". Agora, foram nomeados novos delegados adjuntos de importantes unidades, como o Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco). Além disso, a Delegacia de Homicídios Múltiplos tem um novo chefe, no lugar de Odair Carneiro - agora coordenador técnico do Draco -. No DHM, assume o posto o delegado Daniel Menezes Pinheiro. 

As exonerações e nomeações completas podem ser vistas clicando aqui

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.