A consultora de marketing digital e integrante do BBB 21, Sarah Andrade, surpreendeu os telespectadores ao revelar durante uma conversa na cozinha do reality que já foi vítima de uma câmera escondida enquanto fazia sexo.

"Fiquei muito put*! Fiz tudo o que ele pediu, fui na câmera e apaguei", contou Sarah à colega de confinamento, Juliette Freire

A paraibana disse que depois do ocorrido, quando não tem muita intimidade, pede para colocar o celular do parceiro em um canto e não mexer enquanto dão uns amassos. Freire, que é advogada, também falou sobre o tema e  revelou que já tentaram filmá-la enquanto dormia, mas acordou na hora.

Vale relembrar que filmar uma relação sexual sem consentimento, por qualquer meio, é crime previsto no artigo 216-B.  Assim como oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, vender ou expor à venda, distribuir, publicar ou divulgar, inclusive por meio de comunicação de massa. A detenção varia de seis meses a 1 ano.

LEIA MAIS: Brasil registrou 527 óbitos por Covid-19 em 24 horas; quase 250 mil já morreram na pandemia

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.