Morreu em confronto com a polícia militar de Amélia Rodrigues na tarde desta quarta-feira (29/5) um homem suspeito de tráfico de drogas e homicídios. O confronto foi no bairro do Areal.

O suspeito foi identificado como Marcos Antônio da Silva Mota, vulgo “Tchuco”, chegou a ser socorrido pelos militares e encaminhado ao Hospital Dr. Pedro Américo de Brito, mas não resistiu vindo a óbito. Tchuco é apontado como sendo um dos autores do assassinato de Rodrigo de Jesus dos Santos, no dia 15 do mês de abril.

LEIA MAIS: Protestos contra cortes de verba na educação acontecem nesta quinta na Bahia; confira

A polícia chegou até o criminoso após receber informações de populares que um homem estava traficando nas proximidades do Colégio Walter Falcão, no Areal em Amélia Rodrigues. Segundo as informações o indivíduo estava em posse de um revólver intimidando professores e alunos.

Ao chegar ao local, a polícia encontrou Tchuco escondido num terreno ao lado do colégio. Ao ser abordado, o elemento empreendeu fuga para os fundos do lote, já sacando o revólver calibre 38, que se encontrava em sua cintura, passando a efetuar disparos contra a guarnição, a qual viu-se obrigada a revidar a agressão.

Com o criminoso foram encontrados 15 trouxinhas de maconha, 05 pinos contendo uma substância análoga à cocaína. Próximo ao local onde Tchuco se encontrava foi encontrado uma sacola com 01 tablete de maconha e 01 balança de precisão.

Logo após a operação, a equipe de policiais apresentaram na Delegacia Territorial todo material apreendido, iniciando a lavratura da respectiva ocorrência e demais procedimentos de praxe.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003