Jamuel Furani, de 78 anos recuperou a visão após receber um transplante de córneas artificiais. Pela primeira vez, esse tipo de cirurgia foi bem-sucedida. 

O homem ficou cego por dez anos, quando começou a fazer parte de estudos clínicos realizados pela startup CorNet Vision, em Israel. A empresa criou um tipo de córnea sintética que se biointegra ao olho humano. O procedimento pode ser feito em casos de córneas deformadas, com cicatrizes ou opacificadas.

O paciente que passa pela cirurgia, considderada simples, pode voltar a enxergar normalmente após algumas horas em recuperação. O paciente conseguiu, um dia após a intervenção, reconhecer os seus familiares e ler textos.

LEIA MAIS: Avião com time Palmas Futebol e Regatas cai e deixa seis mortos; jogadores iam para Goiânia

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.