Um choque forte envolvendo o zagueiro vascaíno, Castán, e o goleiro Douglas do Bahia, na tarde deste domingo (31/1), deixou os torcedores tricolores preocupados. O arqueiro foi atingido no rosto com um violento chute do adversário. A pancada foi acidental, em uma investida imprudente do jogador do time carioca. O lance resultou em gol, que acabou anulado pela arbitragem de vídeo (VAR).

Nesta segunda-feira (1/2), O médico do Bahia, Daniel Araújo, tranquilizou a “Nação Tricolor”, através do Twitter do clube sobre a situação de Douglas: "Teve um corte profundo, a princípio sem suspeita de fratura ou uma lesão mais grave, e não tem nenhum sintoma neurológico. Tomou 5 pontos e está sob observação. A princípio não preocupa para os próximos jogos", informou.

Utilizando a mesma rede social, Douglas, também se manifestou: "Pancada forte, mas estou melhorando. Pegou na garganta, o que incomoda, mas era uma bola decisiva. Não vi maldade, o atleta veio falar comigo, mas não poderia deixar de ir. Não foi nada demais, tirando a marca e os pontos. Recuperar para, se tiver condições, jogar 4ª", disse.

A partida ente Vasco e Bahia no estádio São Januário, no Rio de Janeiro, acabou empatada em 0 a 0. Os dois times continuam ameaçados ao rebaixamento para a Segunda Divisão do Campeonato Brasleiro. 

LEIA MAIS: Tremor de terra de magnitude 2,6 é registrado no município baiano de Jaguarari

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.