Um homem foi agredido após o jogo entre Brasil e Argentina em Salvador. Caynan Santos foi cercado por pelo menos dois homens na madrugada desta quarta-feira (3/7) no bairro de Ondina.

A denúncia foi feita por meio do Instagram pelo pai da vítima, o conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA), Ary Santana. Na publicação, o advogado relata a agressão e acusa dois homens pelo crime. Seriam eles: Guilherme Machado e Marcelo Pondé.

LEIA MAIS: Vídeo: traficantes do Santo Inácio "invadem" a Mata Escura e clima volta a ficar tenso

Caynan, que é aluno do Exército Brasileiro, foi socorrido por médicos após o crime e levado para o Hospital Geral do Estado. Ele ficou na unidade semi-intensiva da unidade e transferido para o Hospital do Exército na manhã desta quarta. 

Segundo a Polícia Civil, o caso está sendo investigado pela 7ª Delegacia Territorial (DT/Rio Vermelho). A titular da unidade, Lúcia Jansen, ainda não falou sobre o episódio. 

VEJA A PUBLICAÇÃO: 

Suplico por ajuda... Preciso identificar onde moram os agressores que vitimaram o meu filho, o qual se encontra desfalecido na unidade “semi-intensiva” do HGE... Fato ocorrido:

Cayan Santana (Meu Filho), ao sair do jogo do Brasil, na companhia de amigos e colegas, fora agredido pelos indivíduos de pré-nomes - GUILHERME MACHADO e MARCELO PONDÉ, conforme relatos das testemunhas e fotos e vídeos em anexo.

Fato este, que se deu na madrugada do dia 03/07/2019, por volta das 00h:07min, no bairro de Ondina, Salvador, Bahia.

Conforme relatos das testemunhas diretas dos fatos, mesmo com a vítima desacordada, os agressores continuaram a chutar a sua cabeça.

Cayan Santana é aluno do NPOR - Núcleo Preparatório Oficiais da Reserva - EXÉRCITO BRASILEIRO. 

Por favor, compartilhe essa mensagens para o maior número possível de amigos e grupos. 

Assim, certamente conseguiremos identificar melhor quem são e onde residem os referidos agressores.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.