Ir para conteúdo principal

Brasil conquista título inédito em mundial de atletismo no Japão; veja vídeo

Compartilhe:

Brasil conquista título inédito em mundial de atletismo no Japão; veja vídeo
Crédito da Foto: Reprodução/Twitter

A seleção brasileira masculina de atletismo 4×100 m, formada por Rodrigo Nascimento, Jorge Vides, Derick Souza e Paulo André de Oliveira, conquistou um título inédito. Em prova emocionante, a equipe venceu a final do mundial da categoria, que aconteceu em Yokohama, no Japão, nesse domingo (12/5), com o tempo de 38.05, a melhor marca do mundo este ano.

Além disso, o tempo é o terceiro melhor da história na América do Sul, o que coloca o grupo no mesmo patamar dos revezamentos mais vencedores do país. Os quartetos nacionais têm três medalhas olímpicas: prata em Sydney 2000, bronze em Atlanta 1996 e bronze em Pequim e duas em Mundiais: prata em Paris 2003 e bronze em Sevilha 1999.

Os brasileiros superaram os Estados Unidos, com Michael Rodgers, Justin Gatlin, Isiah Young e Noah Lyles, por 2 centésimos de segundo (38.07). A Grã-Bretanha ficou em terceiro, com 38.15.

Os velocistas brasileiros são treinados por Felipe de Siqueira da Silva e fizeram todas as passagens de bastão sem erro, permitindo a Paulo André fechar a prova na primeira colocação, assegurando a histórica vitória. Visivelmente incrédulo, o atleta esperou o resultado no telão para vibrar com os colegas de equipe.

Confira abaixo:


Imagens do SportTV

TORCIDA ESPECIAL

A seleção feminina de atletismo, presente no estádio, torceu bastante pelos colegas de modalidade. As meninas não contiveram pulos e gritos, até serem abraçadas pelos companheiros.

ASSISTA:

SELEÇÃO MASCULINA

Dos quatro titulares, dois – Paulo André de Oliveira e Derick Souza – têm 20 anos. Os mais experientes são Jorge Henrique Vides , de 26 anos e Rodrigo Nascimento, de 24, além de Vitor Hugo dos Santos, 23, que ficou desta vez na reserva.

O técnico do grupo campeão, Felipe de Siqueira, não escondeu a felicidade pela conquista e a receita para o futuro. “Trabalhar cada dia mais para aumentar a confiança e quem sabe em 2020, 2024 o Brasil possa chegar ao maior sonho, que é uma nova medalha olímpica”, disse o treinador.

EM TEMPO

O Estádio Internacional de Yohohama foi palco de outra alegria para o esporte brasileiro. Foi lá que a seleção brasileira masculina de futebol conquistou o pentacampeonato, em 2002.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.