O presidente Jair Bolsonaro (PSL) pode deixar o PSL, de acordo com aliados. As informações são da Revista Veja, em matéria divulgada no início da tarde desta quarta-feira (9/10). A insatisfação de Bolsonaro com a legenda pela qual se elegeu teve repercussão pública quando o capitão disse a um apoiador, em conversa na saída do Palácio da Alvorada, para "esquecer" o PSL.

LEIA MAIS: Marinha e Petrobras acham 'assinatura' da Venezuela em manchas de petróleo no litoral do Nordeste

Ele ainda declarou que o presidente da legenda, o deputado federal Luciano Bivar, estaria "queimado". 

Segundo a coluna Painel, da Folha, caso Bolsonaro incentive uma debandada de parlamentares, dirigentes da legenda, como Bivar, não descartam a possibilidade de se unir a outras agremiações.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.