A atriz Solange Couto foi uma das vacinadas contra o coronavírus no Rio de Janeiro na quarta-feira (20/1), o que gerou um debate nas redes sociais. Alguns internautas disseram que ela teria "furado fila" e recebido a dose de alguma forma ilegal, mas a ex-global se defendeu e disse que tinha direito à imunização. 

Ela tomou a vacina no Retiro dos Artistas, local onde está morando por conta de sua mãe, que também reside lá. "A razão de eu ter tomado a vacina é porque eu tenho 64 anos, sou cardiopata, e por estar residente fixa no Retiro dos Artistas, que é uma instituição residencial para idosos, eu tenho o direito de tomar a vacina", contou.

Solange publicou, em suas redes sociais, que havia tomado a Coronavac e algumas pessoas insinuaram que ela pagou para ter o benefício. "Não tomei pagando, não tomei a frente de ninguém. Não desrespeitei nenhuma lei ou norma. Fui vacinada pelos profissionais de saúde e não por funcionários do Retiro. Estou aqui fazendo esclarecimentos por pessoas que estão fazendo comentários maldosos e desnecessários", se defendeu.

“Não sou da área de saúde. Não tomei a vacina por ser famosa nem por ser rica. Tomei a vacina por direito, por ser residente do Retiro dos Artistas. As pessoas que julgam e que falam o que não sabem e o que não devem: lamento muito por você que tem a língua fora do corpo", reclamou.

A artista explicou que foi morar no Retiro no final de outubro, para ficar perto da mãe, que vive lá desde 2019. “Eles me acolheram de braços abertos. Antes que alguém diga qualquer coisa errônea, que a Solange Couto isso, a Solange Couto aquilo, eu digo que a Solange Couto está saudável e vivendo no Retiro temporariamente, perto da mãe”, concluiu.

LEIA MAIS: Forbes volta a citar Salvador como destino a ser visitado após a pandemia; "berço de grande parte da cultura do país"

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.