A influenciadora Antônia Fontenelle publicou uma série de videos nas redes sociais na intenção de defender o amigo Henri Castelli, vítima de agressão, mas acabou se envolvendo em uma polêmica ainda maior. Ela disse que os turistas devem ter muito cuidado ao visitar o estado de Alagoas, no nordeste brasileiro, onde Henri se envolveu na confusão.

"Turistas do Brasil, cuidado quando vocês foram para Alagoas, cuidado mulheres com seus maridos, porque eles podem apanhar covardemente, e cuidado homens com suas mulheres, porque elas também podem sofrer alguma violência", disse ela. Para ilustrar, ela cita ainda um episódio ocorrido com amigos, segundo ela, em Jericoacoara. A cidade, entretanto, fica no estado do Ceará. 

LEIA MAIS: Henri Castelli usa redes sociais para falar sobre agressão sofrida; "minha boca está torta"

Ela diz que as pessoas que fizeram isso com Henri Castelli são "aborígenes" e que "já estão condenadas". "Vou cobrar uma posição da Secretaria de Segurança de Alagoas, das autoridades de lá, porque não é possível que as pessoas saiam de suas casas para fazer turismo, para se divertir ou para descansar, e tenham que passar por isso", reclamou.

O secretário de Segurança Pública de Alagoas, Alfredo Gaspar rebateu as acusações nas redes sociais. "Todas as providências jurídicas, policiais e diligências já estão sendo tomadas. Agora, o que não podemos admitir, é que queiram generalizar e muito menos agir de forma preconceituosa contra o povo de Alagoas", escreveu.

"É lamentável que tenhamos que assistir determinadas subcelebridades se referindo com tamanho preconceito e falta de respeito aos alagoanos. Não somos um povo desordeiro, somos um povo da paz, a única coisa que pedimos é respeito", completou.

 

Acompanhe todas as notícias sobre o novo coronavírus.

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.