Desembarcaram em Salvador, nesta quinta-feira (14/2), os velejadores baianos Daniel Dantas, 47 anos, e Rodrigo Dantas, 25. Junto com o gaúcho Daniel Guerra, 37, e o piloto do barco, um francês, eles ficaram presos por 18 meses em Cabo Verde, na África, após cerca de uma tonelada de cocaína ser encontrada pela polícia local no assoalho do barco em que eles estavam.

O pai do mais novo do trio, Rodrigo, foi buscar o filho e, ao chegarem na capital baiana, foram recebidos sob aplausos. Veja abaixo:

À equipe de reportagem da TV Aratu, Daniel Guerra explicou a situação: “Nos inscrevemos por meio de um link e embarcamos nessa ‘barca furada’ aí. Está mais que provada nossa inocência”.

O CASO

Os três velejadores foram contratados pela empresa Yatcg Delivery Company para entregar um veleiro que estava sendo reformado em Salvador na Ilha de Açores, em Portugal. Sem irregularidades após inspeção em Salvador e Natal, os três seguiram o trajeto.

Em Cabo Verde, porém, mais de uma tonelada de cocaína foi encontrada no veleiro em um piso de concreto e cimento na embarcação durante outra inspeção. O caso já estava em segunda instância quando o julgamento da primeira ordem foi anulado.

ENGANADOS

De acordo com o tio de Rodrigo, Alex, os velejadores foram vítimas de um golpe de traficantes ingleses. A Polícia Federal brasileira chegou a concluir o inquérito do caso, comprovando a inocência do trio, mas o mesmo não foi acatado pela Justiça de Cabo Verde.

Eles foram acusados de tráfico internacional de drogas e condenados a 10 anos de prisão pela Justiça africana. Na última quinta-feira (7/2), porém, conseguiram o direito de responder ao processo em liberdade.

Hoje, os brasileiros participaram de entrevista coletiva, em Salvador. Confira na reportagem de Jean Mendes para o AN, da TV Aratu:

LEIA MAIS: Velejadores baianos presos na África têm liberdade decretada

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no www.aratuonline.com.br/lives. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.