O adestrador de cães Rodrigo Salvatore chamou de “absurdo” a situação pela qual passou nesta sexta-feira (1/2), no Hospital do Subúrbio, em Salvador. Em denúncia feita ao Aratu Online, por meio de vídeo, ele relata que quebrou a clavícula após sofrer um acidente de moto na manhã de hoje, mas foi liberado da unidade de saúde sem fazer cirurgia. “Alegaram que não era de emergência”, disse.

Ao portal, ele contou que passou por exame de raio-x, mas não pôde ficar com o resultado. Em seguida, o médico lhe entregou uma receita de anti-inflamatório e o orientou que voltasse em oito dias. “Eu trabalho. Não posso ficar à mercê do estado”, disse.

ASSISTA:

Procurada pelo Aratu Online, a assessoria de imprensa do Hospital do Subúrbio emitiu uma nota de posicionamento, informando que a fratura de clavícula nem sempre é cirúrgica e, por vezes, nos casos afirmativos, pode demandar uma cirurgia programada. “Esta situação depende do grau da fratura e, portanto, da avaliação e definição por um ortopedista”.

“No caso do paciente Rodrigo Rocha Salvatore, o médico que o assistiu orientou quanto ao tipo de fratura sofrida, não sendo esta de caráter emergencial. Também orientou devidamente o paciente para que retorne ao HS, para avaliação, no prazo informado. Na oportunidade, caso seja avaliada a necessidade de cirurgia programável, ela será realizada no hospital.

Ressaltamos que o paciente foi atendido em caráter de urgência, orientado pelo médico que definiu a conduta, o uso de medicamento em domicílio e posterior retorno ao HS. O paciente recebeu alta da urgência, mas continua sob acompanhamento do Hospital do Subúrbio, cuja equipe permanecerá tendo o cuidado necessário para que seja dado o direcionamento adequado à condição clínica do paciente.

O Hospital do Subúrbio permanece à disposição, com sua Emergência 24 horas, caso o paciente demande ou apresente alguma demanda emergencial”.

LEIA MAIS: Partida de Botafogo-PB e Fortaleza altera programação da TV Aratu no sábado; veja

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no www.aratuonline.com.br/lives. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.