Ir para conteúdo principal


Traficante morre após troca de tiros com a polícia, no Nordeste de Amaralina

Compartilhe:

Medina
Crédito da Foto: divulgação SSP-BA

Um traficante foi morto após troca de tiros com equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no início da manhã desta quarta-feira (8/5), na região do complexo do Nordeste de Amaralina. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia, durante ação no bairro, agentes do DHPP localizaram os homicidas e traficantes Willian Batista da Silva, 28 anos, e Cleiton de Jesus Santos, 18.

Investigado desde 2015, Willian possuía mandado de prisão em aberto, após o triplo homicídio de Álvaro Arruda Soares, Jônatas dos Reis Cerqueira e Juraci Oliveira Andrade, que teve como motivação disputa pelo comércio de entorpecentes. Já Cleiton acumulava passagens na adolescência e costumava postar fotos com armas nas redes sociais. Em uma das imagens ele segura uma submetralhadora, uma pistola e ainda carrega um revólver no colete que vestia.

Durante cumprimento dos mandados, na localidade conhecida como Chapada do Rio Vermelho, Cleiton reagiu atirando em equipes da Delegacia de Homicídios Múltiplos (DHM). Posteriormente, acabou ferido. Ele foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu. Com o criminoso foram apreendidos a pistola calibre 9mm, carregador, munições e pinos de cocaína.

LEIA MAISFique atento: Receita abre consulta a lote da malha fina do Imposto de Renda
LEIA MAIS: Se ligue: motoristas de aplicativos prometem greve nesta quarta-feira

LEIA MAISMoradores do Cassange denunciam ‘ abandono do bairro’ e protestam no Cia/Aeroporto

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuon.com.br/aovivo. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.