Acompanhado de músicos bailarinas no palco, o cantor Jerry Smith teve que encerrar às pressas a apresentação que fazia na noite da última sexta-feira (16/11), em Marabá (PA).

LEIA MAIS: Carro voa após grave acidente na Copa do Mundo de F3 em Macau; veja vídeo

O local não estava com as autorizações necessárias para a realização do show. De acordo com ele, a polícia militar estava no local para acabar com o show. Se a gente não parar agora, corre o risco de ser preso, disse o cantor a uma plateia lotada, que reagiu imediatamente.

Veja vídeo:

A casa de shows, por sua vez, eximiu-se de responsabilidades. Nossas licenças estão todas atualizadas e em dia para serem usadas e alugada como as devidas leis. Quando o evento é feito com venda de ingressos, no nosso contrato há uma cláusula que o contratante tem a responsabilidade de providenciar as licenças da Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, SEMA para que o evento cocorra dentro da lei. O show de Jerry Smith não foi cancelado por culpa da Império Eventos.

No sábado (17/11), o funkeiro se disse triste com a obrigação de interromper o show, em um vídeo postado nos seus stories.

LEIA MAIS: Taxista alega ser agredido por agentes da Guarda Municipal; órgão nega a acusação

Acompanhe nossas transmissões ao vivo e conteúdos exclusivos no www.aratuonline.com.br/aovivo e no www.aratuonline.com.br/lives. Nos mande uma mensagem pelo WhatsApp: (71) 99986-0003.